Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: Rui Rio acusa Ministro das Finanças pelo atraso das obras nas urgências do hospital

Viseu: Rui Rio acusa Ministro das Finanças pelo atraso das obras nas urgências do hospital

Depois de uma reunião com a administração e de uma visita à urgência do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu,  o social-democrata, Rui Rio voltou a acusar o ministro das Finanças, Mário Centeno, de ser, na prática, o verdadeiro governante do setor da saúde.

Em outubro de 2017, faz agora dois anos, foi adjudicada a obra de alargamento da urgência, que funciona em situação muito precária, recordou Rui Rio, com os corredores cheios de macas. Por força da atuação do ministro Mário Centeno a verba foi cativada e dois anos depois a obra não foi feita”.

Segundo Rui Rio, quando a verba foi finalmente autorizada, “há dois ou três meses”, o empreiteiro recusou fazê-la porque, entretanto, os preços alteraram.

O líder do PSD referiu ainda que o valor total da obra seria de 7 milhões de euros, mas dos quais o Orçamento do Estado apenas teria de financiar pouco mais de um milhão, já que o resto seriam verbas comunitárias.

“A urgência está em situação precária porque o ministro Mário Centeno, feito ministro da Saúde, cativou uma verba que, para o Orçamento do Estado, era de um milhão de euros”, salientou Rui Rio em Viseu.

 

Pode ver também

Região Centro vai ter uma “Escola de Queijeiros”, cursos vão ser ministrados em Viseu

A Inovcluster – Associação do Cluster Agro-industrial do Centro vai lançar em outubro uma ‘Escola …

Comente este artigo