Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: Rui Rio acusa Ministro das Finanças pelo atraso das obras nas urgências do hospital

Viseu: Rui Rio acusa Ministro das Finanças pelo atraso das obras nas urgências do hospital

Depois de uma reunião com a administração e de uma visita à urgência do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu,  o social-democrata, Rui Rio voltou a acusar o ministro das Finanças, Mário Centeno, de ser, na prática, o verdadeiro governante do setor da saúde.

Em outubro de 2017, faz agora dois anos, foi adjudicada a obra de alargamento da urgência, que funciona em situação muito precária, recordou Rui Rio, com os corredores cheios de macas. Por força da atuação do ministro Mário Centeno a verba foi cativada e dois anos depois a obra não foi feita”.

Segundo Rui Rio, quando a verba foi finalmente autorizada, “há dois ou três meses”, o empreiteiro recusou fazê-la porque, entretanto, os preços alteraram.

O líder do PSD referiu ainda que o valor total da obra seria de 7 milhões de euros, mas dos quais o Orçamento do Estado apenas teria de financiar pouco mais de um milhão, já que o resto seriam verbas comunitárias.

“A urgência está em situação precária porque o ministro Mário Centeno, feito ministro da Saúde, cativou uma verba que, para o Orçamento do Estado, era de um milhão de euros”, salientou Rui Rio em Viseu.

 

Pode ver também

GNR promove campanha para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

A Guarda Nacional Republicana está a realizar uma campanha de sensibilização, em todo o território …

Comente este artigo