Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Viseu: alteração do regulamento do programa “Viseu Investe” para captar investimento

Viseu: alteração do regulamento do programa “Viseu Investe” para captar investimento

A Câmara de Viseu vai alterar o regulamento do programa “Viseu Investe” de forma a conseguir uma maior capacidade de resposta à captação de investimento e à criação de emprego.

Na reunião do executivo camarário, foi aprovado, por unanimidade, o início do procedimento de alteração ao regulamento, que agora terá de ser sujeito a debate público e depois a aprovação da Assembleia Municipal.

Em declarações aos jornalistas, o presidente da autarquia, Almeida Henriques (PSD), frisou “o enfoque muito forte deste executivo na captação de investimento para Viseu”, que considera estar a ter resultados.

Segundo Almeida Henriques, entre as principais alterações ao regulamento estão as possibilidades de financiamento a empresas que criem acima de três postos de trabalho e à aquisição de terrenos.

Com as alterações sugeridas, o regulamento permitirá também a extensão dos apoios até aos cinco anos e “valorizar a componente exportadora, a componente industrial e a componente de investimento em investigação e desenvolvimento, que são linhas estratégias que se tem vindo a prosseguir”, salientou o autarca Almeida Henriques.

Os vereadores da oposição (PS) votaram favoravelmente as alterações ao regulamento, mas, na sua declaração de voto, que foi lida por Pedro Antunes, alertam o executivo de que “tem de ir muito mais longe no desenvolvimento da atividade económica” no concelho.

Segundo os socialistas, ” Viseu Investe continua curto, pouco inovador, pouco ambicioso, pouco ajustado para ultrapassar o atraso histórico de Viseu em atividade económica face a municípios vizinhos e cidades da sua escala mais competidoras”.

 

Pode ver também

Patrícia Portela, diretora do Teatro Viriato, publica “Hífen”, um livro sobre ligações entre as pessoas

“Hífen”, livro sobre ligações entre as pessoas, que aborda temas como a maternidade, a imigração …

Comente este artigo