Home / Notícias / Três dos seis homens detidos por trafico de droga em Viseu ficaram em prisão preventiva

Três dos seis homens detidos por trafico de droga em Viseu ficaram em prisão preventiva

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Viseu, deteve dois homens de 38 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho.

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que decorria desde março de 2022, e na qual já tinham sido detidos seis homens, foram ontem detidos mais dois suspeitos.

Os seis suspeitos foram detidos entre novembro de 2022 e junho 2023, tendo sido aplicada, a três deles, a medida de coação de prisão preventiva, dois ficaram com apresentações periódicas em posto policial e um foi sujeito a Termo de Identidade e Residência.

Os dois últimos suspeitos desta investigação, detidos a 25 de julho, foram presente, ontem, dia 26 de julho, no Departamento de Investigação e Ação Penal de Viseu, onde lhes foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

De recordar que no âmbito da investigação já tinham sido realizadas três buscas domiciliárias e três buscas em veículos que permitiram aprender quatro viaturas, 2980€ em numerário, 266 doses haxixe, 1,7 gramas de cannabis, 14 doses de heroína, 16 doses de cocaína, duas espingardas caçadeiras, uma réplica de arma de fogo, dois bastões, uma moca, uma arma de alarme, quatro cartuchos, uma munição, cinco armas brancas, uma arma elétrica, uma soqueira, quatro balanças de precisão, quatro bicicletas, três trotinetes, sete computadores portáteis, 46 relógios, 22 telemóveis, três tablets, um LCD, dois monitores rádio e GPS de automóvel, sete GPS de automóvel novos e vários utensílios de corte e acondicionamento do produto estupefaciente

Esta operação contou com o apoio da Policia de Segurança Públia (PSP) de Viseu.

 

Pode ver também

O município de Sátão iniciou recolha porta a porta de materiais para reciclagem

O município de Sátão iniciou a recolha porta a porta de materiais para reciclagem junto …

Comente este artigo