Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Treinador do Tondela quer “um bocadinho mais” na receção ao Paços de Ferreira
Pako Ayestarán treinador CD Tondela

Treinador do Tondela quer “um bocadinho mais” na receção ao Paços de Ferreira

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, disse hoje que quer “um bocadinho mais” da sua equipa na receção ao Paços de Ferreira, em jogo da 15.ª jornada da I liga de futebol, para conquistar os três pontos.

“Independentemente de estarmos a ser competitivos, estamos a perder mais jogos do que estamos a ganhar e acho que devíamos ter mais pontos do que os que temos e essa responsabilidade é nossa, de fazer um bocadinho mais e de não esperar que as coisas se tornem mais difíceis para dar tudo”, disse Pako Ayestarán.

Nesse sentido, o técnico espanhol defendeu, em conferência de imprensa de antevisão do jogo no Estádio João Cardoso, no sábado, às 15:30, que a altura para a equipa dar tudo, “tem de ser agora, neste momento”.

“É certo que enfrentamos os jogos da mesma forma, tanto fora, como em casa, mas também é certo que a equipa parece estar mais cómoda em casa, independentemente dos bons jogos que fizemos fora. A equipa está a competir bem fora e em casa e temos de pôr esse bocadinho mais que é necessário para obter os três pontos”, considerou.

Pako Ayestarán reconheceu que o seu plantel “está bem” e disse esperar que “esteja ainda melhor” do que no último jogo, em casa do Vitória de Guimarães, onde perdeu por 5-2, para a receção ao Paços de Ferreira, que está a um ponto de diferença.

“Na tabela está tudo muito perto, ou seja, dois jogos podem colocar-te numa situação de certa tranquilidade ou fazerem descer. Estamos num momento da época importante, todos são, mas há momentos em que sabes que pode determinar se estás com mais tranquilidade ou se tens de estar com mais tensão até ao final”, observou.

Sobre o adversário, o técnico reconheceu que “é uma equipa com muita qualidade, que se qualificou para a Liga Conferência Europa e defrontou nos ‘play-off’ o Tottenham”, e que, em qualquer momento, “pode voltar em grande”.

O técnico assinalou que o Paços de Ferreira “é uma equipa que tem menos pontos do que realmente vale” e admitiu que a mudança de treinador esta semana do Paços de Ferreira, agora sob o comando de César Peixoto, “não condiciona” o trabalho da sua equipa.

“Primeiro, temos de fazer valer o que somos, mas também é certo que quando entra alguém de novo há sempre um ponto mais de motivação e de concentração e, neste momento, não sei até que ponto o Paços de Ferreira vai mudar desde a última jornada até agora”, apontou.

Neste sentido disse que o Tondela está “preparado para os dois cenários” que o Paços de Ferreira possa apresentar e, aos seus jogadores, exigiu “o mesmo de sempre” e o que exige a si mesmo: “autoexigência, autorresponsabilidade e autocrítica”.

“Creio que temos capacidade suficiente para atingir o objetivo que perseguimos neste clube, mas também é certo que temos de fazer mais, a começar por mim e depois todos os jogadores”, sublinhou.

O Tondela, com 12 pontos, na 12.ª posição – e menos um jogo -, recebe, pelas 15:30 de sábado, no Estádio João Cardoso, o Paços de Ferreira, em 14.º lugar, com 11 pontos, em jogo da 15.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Vítor Ferreira.

 

Pode ver também

Campeonato de Portugal – Série C – Jogos da 14ª Jornada

Joga-se este próximo sábado, 29 janeiro, pelas 15h00, a 14ª jornada do Campeonato de Portugal …

Comente este artigo