Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Tondela: Obras de ampliação da Zona Industrial da Adiça podem terminar antes do prazo previsto

Tondela: Obras de ampliação da Zona Industrial da Adiça podem terminar antes do prazo previsto

O presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, espera ter concluídos antes do prazo previsto dos trabalhos de ampliação e requalificação da zona industrial da Adiça, que se iniciaram há cerca de um mês., obras que representam um investimento superior a três milhões de euros.

A autarquia quer tornar a zona industrial mais atrativa a novos investidores e responder às necessidades de expansão sentidas pelo tecido económico já instalado. A obra foi dividida em cinco áreas de trabalho e entregue a três empresas distintas.

Segundo José António Jesus, um dos objetivos desta expansão é “criar uma nova organização, funcionalidades e acessibilidades à zona industrial”, com “um perfil rodoviário adequado”, uma rotunda na ligação principal à Estrada Nacional 2 e “uma nova via que servirá de contorno a toda a zona industrial”.

“Nesta fase, serão criados novos lotes para os quais há uma procura crescente também pelas empresas já instaladas que têm novos projetos, novas dinâmicas, e, que precisam de expandir as suas atividades industriais”, realçou o autarca de Tondela

Esta intervenção inclui também “um novo parque de estacionamento que permitirá dar uma resposta mais eficaz aos trabalhadores da zona industrial, que nas mudanças de turno sentiam sempre uma dificuldades acrescida”.

O autarca disse ainda que o novo estacionamento “está dimensionado para 230 lugares de viaturas ligeiras” e que será criado um sistema adicional de combate a incêndios.

Novos passeios, pavimentos e colunas de iluminação são outros trabalhos previstos para que a zona industrial fique “dimensionada para um novo modelo de gestão, uma nova ambição na expansão e na captação de investimentos”, realçou o autarca de Tondela

José António Jesus disse ainda que se encontra em fase de conclusão “um plano de pormenor que irá criar uma segunda fase adicional de mais 125 mil metros quadrados, o que permitirá expandir a instalação de novas unidades e a captação de investimento externo, muito na linha daquilo que são os grandes ‘clusters'” em que o concelho aposta, como o setor automóvel, o agroalimentar e o laboratorial.

Aos três milhões de euros da fase em curso, poderá juntar-se “um novo investimento que nunca será inferior a dois milhões”.

 

Pode ver também

Homem morreu eletrocutado em Tarouca

Um homem de 28 anos morreu este domingo, depois de ter sofrido uma eletrocussão num …

Comente este artigo