Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Termas do Centro lançam rede de “Geocaching” para captar visitantes

Termas do Centro lançam rede de “Geocaching” para captar visitantes

As termas da região Centro estão a desenvolver uma rede de `geocaching` para estimular a deslocação de novas pessoas às estâncias termais, logo que seja possível circular em segurança.

Segundo a rede Termas Centro, cujo promotor líder é a Associação das Termas de Portugal – Delegação Centro, foi concluída a primeira fase da instalação de um conjunto de `geocaches` no território das 20 estâncias termais que a compõem.

“Um total de 12 `geocaches` foram `escondidas` nesta primeira fase de instalação, por uma equipa do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, coordenada pelo doutor Paulo de Carvalho, diretor do Mestrado em Turismo, Território e Patrimónios, e com grande experiência nesta área”, adiantam as termas da região Centro em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a fonte, quando a rede de `geocaching` estiver completa “terá disponíveis 50 `geocaches` para os adeptos desta `caça ao tesouro`, que atrai cada vez mais entusiastas”.

A equipa responsável pela iniciativa começou por fazer o levantamento prévio da oferta de `geocaching` no território, ao que se seguiram ações de trabalho de campo, para reconhecimento e georreferenciação dos pontos de interesse para a criação da rede das Termas Centro.

“Depois de identificados os locais para a instalação das `geocaches`, foram elaborados os conteúdos para cada uma delas e criados os respetivos suportes digitais nas páginas `online` da plataforma geocaching.com, nomeadamente textos, fotografias e grafismos, em português e inglês. Finalmente, começaram a colocar-se as `geocaches` no território”, lê-se.

As primeiras `geocaches` foram colocadas em locais estratégicos de cinco estâncias das Termas Centro no distrito de Viseu (Alcafache, Carvalhal, Felgueira, Sangemil e São Pedro do Sul) e seguem-se os distritos de Aveiro, Coimbra e Leiria.

“Com esta rede de `geocaching` Termas Centro queremos estimular a vinda de novas pessoas às estâncias termais da região, a partir do momento em que seja possível circular em segurança”, refere na nota Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro.

O responsável acrescenta tratar-se de “uma atividade muito interessante, uma verdadeira `caça ao tesouro` que combate o sedentarismo, promove a saúde e bem-estar e permite a exploração do património natural e cultural envolvente das termas, uma vez que os locais das `geocaches` são escolhidos pela sua importância histórica e cultural”.

O `geocaching` é uma atividade recreativa ao ar livre, feita em família, ou isoladamente, e que consiste em encontrar objetos georreferenciados (`geocaches`), que estão escondidos em locais públicos.

A criação da rede de `geocaching` está inserida no ciclo de animação em rede “Viva Termas Centro”, promovido pela rede Termas Centro nas suas estâncias termais.

Um total de 20 estâncias termais integram o consórcio Termas Centro: Alcafache, Almeida – Fonte Santa, de Águas – Penamacor, do Bicanho, Caldas da Felgueira, Caldas da Rainha, do Carvalhal, da Curia, do Cró, da Ladeira de Envendos, de Longroiva, do Luso, de Manteigas, de Monfortinho, da Piedade, de Sangemil, de São Pedro do Sul, de Unhais da Serra, de Vale da Mó e do Vimeiro.

 

Pode ver também

Carros Da Candidata CDU – V.N.Paiva Foram Vandalizados

Na madrugada de terça-feira, 3 de agosto, os carros de Carolina Schut Brandsema, candidata CDU …

Comente este artigo