Home / Notícias / Teatro Viriato Fora de Portas ocupa Prado do Parque de Santiago e Mata do Fontelo com quatro espetáculos

Teatro Viriato Fora de Portas ocupa Prado do Parque de Santiago e Mata do Fontelo com quatro espetáculos

“Levar parte da programação do Teatro Viriato, com a subida da temperatura, para fora de portas é uma das formas de estarmos mais próximos dos diferentes públicos, mantendo a proximidade cultivada durante o resto do ano. Pretendemos que o público encontre as nossas propostas artísticas – também – nos seus locais de diversão e lazer, durante os dias mais quentes”, refere Henrique Amoedo, Diretor Artístico do Teatro Viriato. 

No Prado, no Parque de Santiago, a companhia espanhola Jimena Cavalletti promete surpreender as famílias, no dia 22 de junho, às 17h30 com “B.O.B.A.S. – Banda Orquestral de Cerimónia Funeral”, um espetáculo inusitado que funde a técnica de clown com música. A história, embora fúnebre, promete ser bem divertida. Uma humilde banda musical organiza cerimónias fúnebres, mas, desta vez, o padre e o morto não chegam. Enquanto aguardam o falecido, as três interpretes em cena partilham com familiares e amigos uma espera extremamente incómoda e desastrosa.   

No dia 06 de julho, às 21h30, também o Prado servirá de palco à nova criação das companhias Teatro do Montemuro e Teatro da Palmilha Dentada, uma coprodução do Teatro Viriato. Na peça de teatro “A Cidade e as Serras (Não é Eça)”, dão a conhecer a aldeia Terras de Sol Posto, uma aldeia do interior, sem receção de rede de telemóvel, com apenas dois habitantes e uma ovelha, que de repente veem a sua realidade e pacatez alterada quando os empreendedores chegam à aldeia com ideias de modernização e muitas promessas mediáticas.   

Na Mata do Fontelo, a artista Vanda R Rodrigues desafia, nos dias 26 e 27 de junho, às 15h00 e às 19h30, o público a embarcar em “Paisagens Inúteis”, um espetáculo em Língua Portuguesa e Língua Gestual Portuguesa, que procura contemplar a paisagem e refletir sobre acessibilidade. Um espetáculo coproduzido pelo Teatro Viriato que é também um passeio. 

No âmbito da 20.ª edição do “Noite Fora”, projeto do Teatro Viriato e de Sónia Barbosa, a Mata do Fontelo será também, no dia 13 de julho, às 16h00, palco de uma leitura encenada de um texto original de Rui Catalão que terá o tema “Dramaturgia e Liberdade de Escolha”, com interpretação de artistas viseenses. 

 

Pode ver também

Obras de quase três milhões avançam no Bairro Municipal

O Município de Mangualde vai começar as obras de requalificação e ampliação do Bairro Municipal …

Comente este artigo