Home / Notícias / Sé de Viseu com obras concluídas ainda este ano garantiu a diretora da DRC Centro

Sé de Viseu com obras concluídas ainda este ano garantiu a diretora da DRC Centro

As intervenções em curso na Sé de Viseu, da responsabilidade da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC), ficarão concluídas até ao final do ano, disse à agência Lusa a diretora daquela entidade.

De acordo com Suzana Menezes, a obra na Sé Velha de Coimbra “está a terminar” e estará concluída “com toda a certeza, antes do mês de agosto”.

Quanto à intervenção em curso na Sé de Viseu, Suzana Menezes garantiu que “toda a gente” – equipa de projetistas, engenheiros, empreiteiros e equipa da DRCC – está “completamente focalizada” na “grande e muito necessária intervenção de requalificação” do monumento religioso e que a obra “ficará concluída até final deste ano”.

Do rol de investimentos da DRCC, está finalizada, ainda no distrito de Viseu, a intervenção no Mosteiro de Santa Maria de Maceira-Dão, em Mangualde, estando apenas a decorrer “a correção de pequenas anomalias construtivas detetadas no ato de receção provisório”.

A diretora regional explicou que todas as citadas intervenções decorreram ao abrigo de financiamento europeu do programa Centro 2020, que totalizou um investimento de quase 4,1 milhões de euros, com um valor global de apoios comunitários de 3,18 milhões.

Fora do Centro 2020 e suportada pelo Orçamento do Estado, em parceria com o município local, está a intervenção no museu Dr. Joaquim Manso, na Nazaré, que representa 1,24 milhões de euros de investimento.

“É um museu, quando cheguei aqui [à DRCC] em 2019, que já se encontrava em avançado estado de degradação, e na sequência do encerramento na altura da pandemia, deteriorou-se de uma forma tão significativa que já não permitiu a sua reabertura. Mas foi sempre uma das minhas principais preocupações”, frisou Suzana Menezes.

Resolvidos os constrangimentos de financiamento, a intenção é proceder à “integral requalificação” do museu, esperando a diretora regional que em 2024 seja possível reabrir o museu “e devolvê-lo à comunidade da Nazaré e ao país”.

Lusa

 

Pode ver também

Rosa Quinteiro é a vencedora do prémio literário Cónego Albano Martins de Sousa.

Com a obra “Poemas do Caderno Azul” a escritora é pela segunda vez galardoada, numa …

Comente este artigo