Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sátão desceu para a zona de risco elevado de contágio da Covid-19

Sátão desceu para a zona de risco elevado de contágio da Covid-19

O Governo atualizou o mapa dos concelhos considerados de alto risco de transmissão de covid-19 em Portugal, continuando a utilizar o critério de municípios que apresentam mais de 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias (critério utilizado pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças).

A partir das 00h00 de quinta-feira, 24 de dezembro, os concelhos de Mortágua e Tabuaço, passam a integrar a lista dos concelhos de Risco Extremo, ou seja, mais de 960 casos da Covid-19, na zona mais elevada de incidência de contágio da doença, mantém-se o concelho de Armamar, segundo o último boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde.

Da zona de risco muito elevado – entre 480 e 960 casos da Covid por 100 mil habitantes, saiu o concelho de Sátão. Mantém-se os concelhos de Cinfães e Lamego. Subiram à zona de risco muito elevado de incidência de contágio da Covid-19, os concelhos de Nelas, Santa Comba Dão, Sernancelhe, Resende e Viseu.

Subiram para a zona de risco elevado de contágio da Covid-19 os concelhos de Moimenta da Beira, São João da Pesqueira e Tondela. Baixaram para esta zona os concelhos de Sátão e Tarouca que na última avaliação da DGS eram considerados concelho de risco muito elevado.

Na zona de risco morado – até 240 casos da Covid por 100 mil habitantes, mantém-se o concelho de Mangualde e Oliveira de Frades. Desceram para este nível, os concelhos de Penalva do Castelo e Vila Nova de Paiva.

Quadro comparativo (Alive Fm) fonte DGS.

Os municípios do país continuam divididos em quatro níveis de risco e com três graus de restrições de 24 de Dezembro a 7 de Janeiro, o período do novo estado de emergência, mas não há distinções na passagem de ano: as regras na viragem para 2021 vão ser iguais para todos os concelhos.

Durante os restantes dias (com excepção do Natal), os municípios com níveis de risco extremo (mais de 960 novos casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias) e muito elevado (entre 480 e 959 novos casos por cem mil habitantes) continuam a ter aplicadas as medidas mais severas, existindo também um nível intermédio com restrições mais moderadas (entre 240 e 479 novos casos por cem mil habitantes) e um nível de concelhos em que apenas se mantêm em vigor as medidas gerais do estado de emergência que abrangem todo o território nacional (restrições leves em concelhos com até 239 novos casos por cem mil habitantes).

 

Pode ver também

Iluminação de Natal em Oliveira de Frades

Oliveira de Frades ganhou um brilho especial com a iluminação de Natal preparada pelos colaboradores …

Comente este artigo