Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Sem categoria / Sapadores florestais de Viseu, com salários em atraso, acusa sindicato

Sapadores florestais de Viseu, com salários em atraso, acusa sindicato

O Sindicato Nacional da Proteção Civil tem vindo a reunir com todos os decisores políticos e embora haja promessas de resolução para as várias reivindicações do setor, os problemas têm-se mantido ou agravado, segundo a estrutura sindical.

 É urgente que o governo reconheça estes profissionais e faça a sua integração na Carreira Profissional de SAPADOR BOMBEIRO FLORESTAL, contribuindo desta forma para uma efetiva justiça social, salários dignos e valorização profissional, referiu à Alive FM, Alexandre Carvalho, Coordenador Nacional do Setor da Conservação da Natureza e Florestas do Sindicato Nacional da Proteção Civil

O distrito de Viseu, refere o sindicalista Alexandre Carvalho, não é exceção, os salários estão em atraso, falta de trabalho suplementar e até mesmo falta de equipamento de proteção individual.

Alexandre Carvalho, diz que a floresta nacional precisa de mais investimento não só no ordenamento, como nos agentes de proteção e preservação.

O Sindicato Nacional da Proteção Civil dos sapadores florestais, diz que, as revindicações já motivaram várias reuniões até com os deputados da Assembleia da Republica, que segundo Alexandre Carvalho, muitos não sabem quais as funções e para que servem as equipas de sapadores florestais.

Neste  momento decorre em todo o país, uma Petição, com o intuito de pudermos levar as nossas reivindicações à Assembleia da República, onde pretendem que os representantes do povo eleitos democraticamente tomem medidas para Dignificar e Valorizar todos os Sapadores Florestais de Portugal, que lhes ponha fim a 21 anos de sucessivos retrocessos profissionais.

 

Pode ver também

O Sentidos das Palavras com Carlos Cabrita 7 janeiro

 

Comente este artigo