Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Reabilitação do Largo dos Bancos em Lamego concluída no primeiro trimestre de 2020
Ângelo Moura, presidente da CM de Lamego

Reabilitação do Largo dos Bancos em Lamego concluída no primeiro trimestre de 2020

As obras de reabilitação do espaço público do Largo dos Bancos terminam no primeiro trimestre do próximo ano para dar lugar a um novo espaço de lazer e convívio, situado bem no centro da cidade de Lamego.

A garantia foi dada pelo Presidente da Câmara Municipal, Ângelo Moura, no final de uma visita ao local para verificar o andamento dos trabalhos, que também serviu para assinalar o terceiro aniversário da tomada de posse do atual executivo.

Atualmente pouco qualificado, a regeneração do Largo dos Bancos reforçará a mobilidade pedonal numa zona de grande afluência diária. Em concreto, a intervenção no valor de 289.269,68 €, mais IVA, está a requalificar os estacionamentos e a rede viária envolvente de modo a melhorar a circulação automóvel.

Todas as vias vão passar a ter apenas um sentido, à exceção do fim da Rua do Largo dos Bancos. As obras vão ainda beneficiar e alargar os passeios em algumas zonas e introduzir novos elementos arbóreos e conjuntos ajardinados.

Na hora do balanço do trabalho realizado até ao momento, o autarca recordou os principais projetos estratégicos que estão em curso ou que serão desenvolvidos muito em breve, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU). Neste momento, estão no terreno as obras de criação do Circuito Pedonal do Relógio do Sol e de requalificação do espaço público do Bairro de Alvoraçães.

Até ao final do ano, começará a transformação do antigo Matadouro num novo Centro Cívico e a criação do Parque Urbano de Lamego, num valor total de 5 milhões de euros.

Outras intervenções de “grande dimensão estratégica” que prometem “revolucionar” a cidade serão a construção de uma passagem inferior desnivelada no Santuário dos Remédios, a requalificação do espaço público do Bairro de Nazes, a requalificação da rua Visconde de Arneirós que serve a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro e a requalificação do espaço público da Sra. da Guia – Medelo.

No conjunto dos principais projetos estruturantes a concretizar, também se destaca, no histórico Bairro do Castelo, a reabilitação da Torre dos Figos e da Casa do Horto. O investimento total previsto para a concretização deste pacote de projetos de iniciativa municipal é de 14 milhões de euros, financiado em 85% por fundos comunitários do Programa Operacional NORTE 2020.

 

Pode ver também

Incêndio numa habitação em Moimenta da Beira desaloja casal

Um casal septuagenário ficou esta sexta-feira desalojado em Carapito, concelho de Moimenta da Beira, após …

Comente este artigo