Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / PSD preocupado com inoperacionalidade de posto de vigia de Tondela

PSD preocupado com inoperacionalidade de posto de vigia de Tondela

Os deputados sublinham a importância da vigilância da floresta e deteção precoce das chamas, dadas as suas características geográficas, orográficas e o histórico de incêndios florestais do concelho.

Os deputados do PSD eleitos por Viseu perguntaram ao Governo o motivo de o posto de vigia do Monte da Senhora da Esperança, em Tondela, que ficou inoperacional nos incêndios de 2017, ainda não ter sido reconstruído.

Numa pergunta destinada ao ministro da Administração Interna, os deputados lembram as características geográficas e orográficas e o histórico de incêndios florestais do concelho, sublinhando a importância da vigilância da floresta e da deteção precoce das chamas.

Aquando dos grandes incêndios de 2017, o posto de vigia do Monte da Senhora da Esperança ardeu, tendo ficado inoperacional, traduzindo-se numa clara perda da capacidade de vigilância e deteção e num aumento exponencial das zonas não visíveis ou visíveis apenas por um elemento”, alertam.

No entender de Fernando Ruas, Pedro Alves, Carla Borges e António Lima Costa, “decorrente da sua posição estratégica, a reconstrução do posto de vigia do Monte da Senhora da Esperança é imprescindível, sendo não só fundamental para a defesa das populações do concelho de Tondela, como também para as dos concelhos vizinhos”.

Segundo os deputados sociais-democratas, esta intervenção tem sido solicitada por várias entidades e a Câmara e as associações de bombeiros já fizeram várias diligências. “No entanto, decorridos mais de dois anos, tal não se verificou, sendo incompreensível o facto de nada ter acontecido, apesar de nos aproximarmos a passos largos de mais uma nova época crítica de incêndios”, consideram.

 

Pode ver também

Hospital de Viseu avança com obras nas urgências após “luz verde” do Tribunal de Contas

O Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) vai avançar com a requalificação do serviço de urgência, …

Comente este artigo