Home / Notícias / Produtores franceses em Sernancelhe para “Momentos com vinho”

Produtores franceses em Sernancelhe para “Momentos com vinho”

A segunda edição de “Momentos com vinho”, iniciativa organizada pela Câmara de Sernancelhe, contará com a presença de produtores franceses, além de eventos de degustação, gastronomia e literatura, disse hoje à agência Lusa um dos responsáveis.

“Este ano, convidámos produtores de Montpellier, no sul de França, com quem Sernancelhe é geminado e, sendo uma região de produção de vinhos, convidámo-los a marcarem presença”, disse o vereador do Turismo e Cultura.

Armando Mateus explicou à agência Lusa que “estarão quatro produtores a representar a região de Montpellier” nesta segunda edição de “Momentos com vinho”, nos dias 15 e 16, na qual “mostrarão os seus vinhos de mesa, com especial atenção para os brancos”.

“Os produtores em Montpellier fazem um vinho mais orientado numa produção biológica, com castas totalmente diferentes das nossas, uma vinha mais exposta a sul, para o mar mediterrâneo, portanto, são diferentes”, especificou o vereador.

Nesta segunda edição, “o Douro e Dão marcam novamente presença, são região vizinhas que, obviamente, são convidadas” pela autarquia para participarem no certame que quer “dar a conhecer” os vinhos da região.

“A região Távora Varosa quer afirmar-se como uma região de espumantes (…) e também com os vinhos de mesa”, defendeu.

No seu entender, “as castas estão na região e a qualidade também”.

“Então, se dá um bom espumante, também dará, com certeza, um bom vinho de mesa” do Távora Varosa, que conta com “perto de 20 produtores certificados”.

“A produção acaba por se concentrar na cooperativa ou nas grandes marcas da região, como a Murganheira e a Raposeira, e nós gostávamos muito que este evento incentivasse os produtores a criarem mais marcas de espumantes e vinhos”, desejou.

A segunda edição de “Momentos com vinho” tem, à semelhança do ano anterior, “momentos culturais com música, degustações e ‘chefs’ a apresentarem pratos com um enólogo a falar sobre os vinhos que melhor acompanham os sabores”.

“Este ano, há ainda a particularidade de associarmos a literatura ao evento, ou seja, no salão há secções com livros, em parceria com a biblioteca municipal, para que quem nos visita possa descobrir um bom vinho e um bom livro”, destacou.

Também os stands têm, “cada um deles, um poema da poetisa Teresa Barranha, que escreveu sobre cada um dos produtores participantes e os seus vinhos ou marca ou mesmo da sua região, de forma a dar destaque à literatura”.

“No ano passado tivemos 74 produtores na Expo salão e, este ano, estão inscritos cerca de 100, 98, julgo. Mal abrimos as inscrições, dos 74 do ano passado, só dois, até por razões particulares, é que não se inscreveram de imediato”, contou.

No ano passado, o certame “esgotou a venda dos três mil copos para as provas de vinhos, embora nem toda a gente tivesse adquirido copo” e, como tal, para esta segunda edição “vão estar seis mil copos disponíveis”.

 

Pode ver também

Em Penalva do Castelo bebé faleceu em creche da Santa Casa da Misericórdia 

Esta segunda-feira, 15 de abril, uma menina de três meses faleceu em Penalva do Castelo, …

Comente este artigo