Home / Notícias / Politécnico da Guarda abre curso em São João da Pesqueira para ajudar a combater despovoamento

Politécnico da Guarda abre curso em São João da Pesqueira para ajudar a combater despovoamento

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai formar técnicos superiores profissionais em São João da Pesqueira, no distrito de Viseu, na área da cozinha e da produção alimentar, para “fixar e atrair recursos humanos para o concelho”.

Segundo o IPG, “o crescimento dos fluxos turísticos na região e da procura por serviços de restauração e hotelaria” levaram a instituição a lançar o primeiro Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) no município de São João da Pesqueira.

O protocolo de colaboração para o funcionamento do CTeSP foi hoje assinado por Joaquim Brigas, presidente do IPG, por Manuel Cordeiro, presidente da Câmara Municipal de São João da Pesqueira, e por José Rodrigues, presidente da Associação de Desenvolvimento do Ensino e Formação Profissional do Alto Douro, proprietária da Escola Profissional do Alto Douro (ESPRODOURO).

A primeira turma do curso em cozinha e produção alimentar tem cerca de 20 alunos, que iniciaram as aulas esta semana.

“Muitos estudantes já se encontram a trabalhar na área de hotelaria e gastronomia. O objetivo é complementar a componente prática que já têm com a componente teórica e com técnicas mais modernas, cientificando-os com a certificação superior”, indicou o IPG em comunicado enviado à agência Lusa.

O CTeSP em cozinha e produção alimentar é lecionado nas instalações da ESPRODOURO.

“Este CTeSP vai permitir formar quadros para responder às necessidades do concelho de São João da Pesqueira, valorizando os serviços de cozinha e restauração na região e o setor do turismo como um todo”, afirmou Joaquim Brigas, presidente do IPG.

O responsável acrescentou que “sendo uma instituição dinâmica e fortemente ligada ao tecido empresarial, aos municípios e às associações, o Politécnico da Guarda tem feito um trabalho conjunto de alargar os seus cursos a diferentes concelhos, cumprindo a sua missão de motor de desenvolvimento do Interior”.

Concebido pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPG, o curso em cozinha e produção alimentar qualificará profissionais “para executar atividades de preparação e de confeção alimentar, acompanhando as tendências gastronómicas e os princípios da sazonalidade, de nutrição e de higiene alimentar”.

“Atendendo à componente prática, os estudantes que integrem esta formação estarão preparados para responder aos desafios do mercado de trabalho nos setores de restauração e catering, gestão hoteleira e turismo e lazer”, esclareceu o IPG.

O presidente da Câmara Municipal de São João da Pesqueira, Manuel Cordeiro, referiu que o seu concelho “vai receber, pela primeira vez, ensino superior através do Instituto Politécnico da Guarda”.

“É uma porta que se abre para a academia, para o conhecimento e para a formação profissional. Este passo é a consolidação do compromisso deste município para combater a desertificação e o abandono da região, através da capacitação de recursos do nosso território. Pretendemos responder ao crescimento do turismo e da enogastronomia com recursos humanos mais qualificados, o que se deverá refletir em melhores empregos e salários”, referiu.

Segundo a nota, a autarquia de São João da Pesqueira e a ESPRODOURO “têm apostado fortemente nas áreas da gastronomia, da hotelaria e, mais recentemente, da enogastronomia, pela elevada procura por parte dos turistas”, tendo sido aprovado para o concelho um Centro Tecnológico Especializado em gastronomia, para modernizar o setor.

 

Pode ver também

Obras de quase três milhões avançam no Bairro Municipal

O Município de Mangualde vai começar as obras de requalificação e ampliação do Bairro Municipal …

Comente este artigo