Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Novo Centro Municipal de Trail Running de Vila Nova de Paiva vai promover turismo de excelência na região

Novo Centro Municipal de Trail Running de Vila Nova de Paiva vai promover turismo de excelência na região

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, inaugurou este fim de semana no Parque Botânico “Arbutus do Demo”, em Vila Nova de Paiva, o Centro Municipal de Trail Running.

Com este Centro de Trail Running, os amantes da natureza têm ao dispor, sinalização e identificação dos trajectos que percorrem Vila Nova de Paiva, Fráguas, Queiriga e Vila Cova à Coelheira. 

Esta iniciativa da CIM Viseu Dão Lafões insere-se na estratégia de reforçar o posicionamento da região como destino turístico de excelência, lado a lado com o património natural do concelho, salientou José Morgado, presidente da câmara de Vila Nova de Paiva.

O autarca José Morgado, salientou ainda que o concelho de Vila Nova de Paiva, tem reunidas as condições para que se mantenha pelo quarto ano consecutivo, o concelho do distrito de Viseu, mais amigo do desporto.

Ana Luísa Xavier, presidente da Associação Trail Running de Portugal, reconhece que esta prática desportiva tem contribuído para o crescimento de um turismo mais responsável e ecológico.

Nuno Martinho, Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, reconhece que o agora inaugurado Centro Municipal de Trail Running de Vila Nova de Paiva, vai contribuir para o aumento do número de visitantes aos espaços patrimoniais, a par com o turismo de natureza.

Para Nuno Martinho, o Centro Municipal de Trail Running de Vila Nova de Paiva, vai aumentar o número espetadores para eventos de animação, da realização de ações de valorização dos produtos endógenos e, aumentar o número de dormidas e estada média de turistas na região.

Para Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, este projeto “vai reforçar a estratégia de Turismo de Natureza que a CIM Viseu Dão Lafões está a implementar no território, através da criação de um produto compósito de turismo de natureza que associa percursos pedestres com as grandes e pequenas rotas, as ecopistas, as subidas épicas e os centros de BTT e Trail. 

O resultado dos trabalhos de intervenção para a implementação da sinalética de identificação do trajeto, os visitantes têm ao dispor cinco percursos, que variam entre os 4,03 e os 47,7 quilómetros, num investimento total de meio milhão de euros.

Créditos: reportagem e fotografias (Pedro Santos)

 

Pode ver também

Câmara de Lamego diminuiu prazo de pagamento a fornecedores para menos de metade

A Câmara Municipal de Lamego diminuiu para 69 dias o prazo médio de pagamentos a …

Comente este artigo