Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Município de Viseu promove atividade física entre colaboradores

Município de Viseu promove atividade física entre colaboradores

Programa “@tiwo” visa diminuir comportamentos sedentários e incentivar atitudes mais ativas e saudáveis, dentro e fora do local de trabalho
Tornar cada viseense “+ ativo, + saudável e + feliz” tem sido o mote de diversos programas municipais que o Município de Viseu tem implementado nos últimos anos, com o objetivo de incentivar a prática da atividade física nas várias faixas etárias, bem como a adoção de estilos de vida mais saudáveis.

Essa visão alarga-se agora ao universo municipal, com o lançamento de um projeto interno, vocacionado para os colaboradores do Município.

O projeto “@tiwo” pretende sensibilizar todos os seus participantes para a importância da prática da atividade física como um estilo de vida diário, diminuindo os comportamentos sedentários durante o horário de trabalho (e não só), ao adotarem comportamentos mais ativos e saudáveis que contribuam para o incremento da sua saúde física e mental, qualidade de vida, bem-estar e produtividade.

O programa destina-se aos cerca de 1000 colaboradores que integram o universo do Município de Viseu, nomeadamente dos SMAS/Águas de Viseu, Habisolvis, Viseu Novo SRU, Viseu Marca e Beira Amiga.

“Trata-se de um programa a pensar em todos e para todos. Lançámos primeiro um questionário para avaliar a situação e percebemos de imediato alguns comportamentos que podem ser alterados”, explicou aos jornalistas Ermelinda Afonso, Vereadora do Desporto e Tempos Livres, Juventude e Saúde. Por exemplo, “ficamos a saber que 30% dos colaboradores que têm a sua residência até 1,5 quilómetros do local de trabalho, desloca-se de viatura própria para o emprego”, revela a autarca. 

Por seu lado, Conceição Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Viseu, lembra a responsabilidade da autarquia também nesta área: “Dada a sua dimensão, inclusive no número de colaboradores que agrega, o Município de Viseu tem também a responsabilidade de liderar pelo exemplo. Queremos incentivar outras organizações públicas e privadas a adotar práticas de promoção de uma vida mais ativa, mesmo em contexto profissional”.

No terreno, o projeto tem vários eixos de intervenção. Por um lado, com uma forte aposta na literacia para a atividade física, com a melhoria dos processos de informação/decisão dos trabalhadores da “família” Município de Viseu.

A colocação de painéis com mensagens informativas e sugestões sobre como se tornar mais ativo no local de trabalho; a interação regular com todos os colaboradores através de diversos canais, como o e-mail ou a folha de remuneração mensal, a partir dos quais se lançam desafios, mensagens, rubricas ou testemunhos; ou ainda a realização de ações de formação temáticas, nomeadamente sobre a ergonomia e a postura a adotar no local de trabalho, são algumas das ações previstas.

É também intenção do programa, a médio e longo prazo, introduzir algumas alterações físicas nos próprios espaços de trabalho, com vista a aumentar os níveis de atividade e bem-estar dos colaboradores. A solução pode passar pela instalação, em alguns serviços, de equipamentos como bicicletas ou passadeiras para momentos de pausa ativa, ou ainda a criação de um ginásio no Pavilhão Cidade de Viseu.

Organizar e dinamizar atividades regulares ou pontuais é outra vertente do “@tiwo”. Aulas de hidroginástica, yoga, pilates, sessões de Stretching Global Ativo durante o horário de trabalho, natação livre ou padel, assim como a realização de atividades pontuais como percursos ativos, atividades de grupo e concursos mensais entre serviços, são algumas das propostas em cima da mesa.

Recorde-se que, em junho, a Assembleia da República aprovou uma resolução na qual “recomenda ao Governo medidas de prevenção, tratamento e combate à obesidade”. Um dos pontos do documento vai exatamente ao encontro da iniciativa do Município de Viseu, recomendando que se “discrimine positivamente as entidades públicas que fomentem a adoção de práticas saudáveis, seja em termos de alimentação, seja em termos de atividade física, junto dos seus colaboradores”.

“É também desta forma empenhada na defesa dos valores em que acreditamos, que continuamos a construir a “Melhor Cidade para Viver”. O tempo que passamos no trabalho ocupa uma grande parte do dia de todos nós. Nesse sentido, temos de ser capazes de acompanhar as alterações que a sociedade vai sofrendo e integrar as melhores práticas nacionais e internacionais.

Com este programa, o Município de Viseu indica o caminho para uma vida mais saudável.”, conclui Conceição Azevedo.

 

Pode ver também

Tabuaço: freguesia de Paradela e Granjinha perdeu mais de 40% da população em 10 anos

Paradela e Granjinha, no concelho de Tabuaço e distrito de Viseu, perdeu 45% da sua …

Comente este artigo