Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Município de Viseu investe 1,6 milhões de euros na coesão territorial

Município de Viseu investe 1,6 milhões de euros na coesão territorial

Envelope financeiro destinado às freguesias engloba um conjunto de adjudicações de obra e lançamento de concursos.

Às empreitadas relativas à Estação Elevatória de Águas Residuais de Bigas e das Redes de Água e Esgotos em Casaldeiro, a câmara de Viseu, lançou vários concursos que perfazem um investimento global superior a 1,6 milhões de euros.

“A coesão territorial e a aposta nas diferentes freguesias do concelho é uma prioridade para o Município de Viseu. Continuamos a trabalhar intensamente com a certeza de que, no fim deste percurso, as 25 freguesias de Viseu estarão mais atrativas, mais sustentáveis e melhor preparadas para enfrentar os desafios do futuro”, afirmou Conceição Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Viseu.

A obra da Estação Elevatória de Águas Residuais de Bigas, na freguesia de Lordosa, representa um investimento de 348 mil euros e será levada a cabo pela empresa Embeiral – Engenharia e Construção, S.A. No que respeita às Redes de Água e Esgotos em Casaldeiro, em S. Pedro de France, a empreitada, no valor de 179 mil euros, foi adjudicada à empresa Persovias, Lda. Aliás, saliente-se que em 3 anos, apenas nesta freguesia de baixa densidade, o investimento global na área da água e saneamento já supera os 870 mil euros. Ainda nesta área, destaque para a abertura de procedimento da 1ª fase da empreitada de saneamento básico no Bairro do Paúl no Caçador, pelo preço base de 246 mil euros.

Ao nível das acessibilidades, o Município de Viseu vai avançou com o concurso para a empreitada na EN 323, que prevê a correção de curvas entre Nogueira de Cota e Cepões. Esta via faz a ligação entre Viseu e o concelho vizinho de Vila Nova de Paiva, e constitui o principal acesso da freguesia de Cota à sede do concelho, servindo 973 habitantes. A obra visa requalificar o pavimento, suavizar curvas existentes para as dimensões regulamentares e sinalizar adequadamente a via e cruzamentos. Complementarmente será melhorado o sistema de drenagem de águas pluviais.

Os trabalhos, que permitirão melhorar as condições de segurança da via, serão divididos em duas fases. O investimento na 1ª fase, cujo concurso foi agora aprovado e corresponde à requalificação entre a ponte do Rio Vouga e Nogueira de Cota, é superior a 410 mil euros. A 2.ª fase, correspondente à requalificação entre Cepões e a Ponte do Rio Vouga, será executada posteriormente.

A câmara de Viseu vai também avançar com a requalificação da Rua Campo da Bola, em Mundão. A intervenção no arruamento, que serve de ligação entre o Parque Industrial de Mundão e a povoação de Mundão, tem um prazo de execução de 175 dias. Inclui a pavimentação do alargamento nas zonas onde a faixa de rodagem é mais apertada, prolongamento da rede pública de abastecimento de água, execução de valetas em betão para drenagem de águas pluviais e colocação de sinalização horizontal e vertical.

Está prevista também uma zona de estacionamento, junto campo de jogos, no alinhamento da faixa de rodagem. O investimento do Município de Viseu ronda os 363 mil euros.

 

Pode ver também

V.N.Paiva – 1ª Reunião de Câmara do Novo Executivo

Realizou-se na manhã desta sexta-feira, 22 de outubro, no Salão Nobre da Câmara Municipal de …

Comente este artigo