Home / Notícias / Mangualde: Pós-graduação de Logística e Gestão de Transportes
Foto: Município de Mangualde

Mangualde: Pós-graduação de Logística e Gestão de Transportes

Mangualde vai ter, a partir do mês de novembro, uma pós-graduação de Logística e Gestão de Transportes. Esta oferta surge no âmbito de um protocolo, assinado esta terça-feira (25 de junho) entre a Câmara Municipal, a Coimbra Business School | ISCAC (Instituto Superior de Contabilidade e Administração), e a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) da Região Centro.

A Pós-graduação, com uma duração de 124 horas (cerca de seis meses),  terá aulas online e aulas presenciais, em Mangualde, aos sábados, durante o período da manhã.

“Esta oferta surge para colmatar necessidades formativas nesta área, num concelho onde existem 56 empresas do setor, responsáveis por darem emprego a cerca de 1650 pessoas com um volume de negócios na ordem dos 200 milhões de euros”, justificou o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Marco Almeida.

As empresas de Logística e Transporte ocupam, em Mangualde, o 2º lugar no que diz respeito ao Volume de Negócios, logo a seguir às Indústrias Transformadoras.

“A aposta no conhecimento tem sido uma prioridade e, por isso, entendemos que é necessário ter profissionais com formação avançada, que respondam aos desafios do setor, nomeadamente a adaptação às novas tecnologias, tal como a digitalização de processos logísticos, essenciais para manter a competitividade e eficiência do setor”, afirmou o autarca.

Para Marco Almeida, o mundo em constante transformação “exige” soluções integradas.

“É por essa razão que estamos a criar o Centro Tecnológico Especializado (CTE) de Informática, no Agrupamento de Escolas de Mangualde e a instalar o Hub Tecnológico (EDUTEC) para captar e concentrar, na mesma estrutura, empresas de base tecnológica que impulsionem a inovação”, acrescentou.

O presidente do ISCAC, Alexandre Silva, realçou a importância do protocolo, que no seu entender beneficia todas as entidades: “É bom ter empresas fortes a pensar estratégias e nós a fazer a aplicação prática das matérias que temos para ensinar”, declarou.

Para o presidente da ANTRAM, Pedro Polónio, a nova oferta de ensino servirá para “potenciar o desenvolvimento do Interior e o cluster do camião, que existe em Mangualde”.

(Fonte: Município de Mangualde)

 

Pode ver também

Vários concelhos do distrito de Viseu em risco muito elevado de incêndio devido ao calor

Para esta quinta-feira, 18 de julho, o IPMA (Instituto Português do Mar e Atmosfera) prevê …

Comente este artigo