Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Mangualde Hard Metal Fest apresenta pela primeira vez em Portugal os britânicos Satan

Mangualde Hard Metal Fest apresenta pela primeira vez em Portugal os britânicos Satan

O Mangualde Hard Metal Fest, que se realiza no sábado, apresenta pela primeira vez a Portugal os britânicos Satan, num cartaz que conta ainda com os finlandeses Lord Vicar e os austríacos Schirenc Plays Pungent Stench.

Na sua 28.ª edição, o festival propõe 12 horas seguidas de concertos, num cartaz onde estão representados os diferentes subgéneros do metal, afirmou à agência Lusa o responsável pela organização do Mangualde Hard Metal Fest, José Rocha.

Naquele que é “o mais antigo festival de metal em atividade” no país, o destaque vai para os britânicos Satan, “banda dos anos 80 de ‘heavy metal’ clássico”, para os austríacos Shirenc Plays Pungent Stench, “banda mítica de ‘death metal’ dos anos 90”, e para os Lord Vicar, projeto de ‘doom’ da Finlândia.

Segundo José Rocha, pelo festival, que decorre na localidade de Santo André, próxima de Mangualde, passam também os franceses Gorgon, os alemães Noturnal e os italianos Deathless Legacy.

Black Mass Pervertor, Gwydion, Wanderer, Sollust, Cape Torment e Mordaça são outros dos nomes confirmados para o certame deste ano.

O festival começa às 15:00 e termina por volta das 03:00, sendo uma espécie de “maratona de metal”, com 12 horas quase ininterruptas de concertos daquele género musical, sublinhou o responsável.

De acordo com José Rocha, ao festival vão pessoas “de todos os cantos do país”, assim como alguns espanhóis e emigrantes.

“Sermos uma cidade do interior causa-nos grandes dificuldades, até porque o interior está cada vez mais despovoado”, notou, realçando, porém, que há uma fidelização de público, graças às quase três décadas de festival.

“Há pessoas que nos visitam desde a primeira edição e outros que começaram a meio e nunca mais deixaram de comparecer”, sublinhou.

O bilhete para o festival custa entre 25 e 30 euros e pode ser comprado através de plataformas digitais ou em espaços associados.

Lusa

 

Pode ver também

Viseu: Secretário de Estado do Turismo defende campanha para promover turismo no interior do país

 O secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, defendeu ontem em Viseu …

Comente este artigo