Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Ligação aérea Bragança/Portimão, com escala em Viseu não vai ser interrompida

Ligação aérea Bragança/Portimão, com escala em Viseu não vai ser interrompida

A empresa concessionário da carreira aérea Bragança/Portimão, com escala em Viseu, a Sevenair, informou esta sexta-feira que foi encontrada uma solução com o Governo e os voos já não vão ser interrompidos a partir de sábado como tinha anunciado.

Em comunicado, a administração da Sevenair esclarece os clientes que “na sequência de conversações com o Governo ao longo desta semana, foi possível encontrar uma solução, ainda que provisória, para que a normalidade da linha Bragança – Viseu – Cascais – Portimão não seja interrompida”.

A operadora “regista o empenho” do ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, “na resolução deste impasse e na manifestação inequívoca da importância desta linha para a população”.

A Sevenair tinha informado a 12 de fevereiro que a linha aérea regional ficaria “temporariamente encerrada” e que a sua reativação estava condicionada à contratação do serviço público que ainda não foi formalizada até à data deste comunicado.

A empresa está a assegurar a ligação há mais de um ano com aditamentos ao contrato de concessão, que terminou em dezembro de 2018.

O presidente da empresa, Pedro Leal, disse hoje à rádio Brigantia de Bragança que a operadora não recebe há um ano e dois meses, desde que começaram as prorrogações dos prazos, e que o valor global em dívida ascende a mais de 2,6 milhões de euros.

O presidente disse ainda que a empresa não estava disponível para novos aditamentos ao contrato até receber do Estado os valores em dívida.

Esta sexta-feira ao final do dia, a Sevenair comunicou aos clientes que foi encontrada uma solução e que afinal os voos não vão ser suspenso a partir de sábado.

O concurso público para o novo contrato de concessão foi lançado há mais de um ano, mas aguarda ainda visto do Tribunal de Contas.

 

Pode ver também

Utilização total dos Parques fechados em Viseu custa 20€ por mês

A Câmara de Viseu aprovou a localização da numeração dos estacionamentos das ZEDL, bem como …

Comente este artigo