Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / João Valério (PSD/CDS-PP) prioriza diálogo em Oliveira de Frades

João Valério (PSD/CDS-PP) prioriza diálogo em Oliveira de Frades

João Valério venceu a presidência da Câmara de Oliveira de Frades, resgatando a autarquia ao Nós, Cidadãos! para o PSD/CDS-PP, e a primeira medida a tomar é sentar-se e dialogar com funcionários da autarquia e todos os autarcas eleitos.

“A primeira medida será sentar e falar com todos os funcionários, com todos os presidentes de Junta eleitos, com todos os membros da Assembleia Municipal eleitos, porque, como disse durante a campanha, tudo o que fizermos de agora em diante será olhos nos olhos com as pessoas”, disse João Valério.

À agência Lusa, o candidato do PSD/CDS-PP eleito no domingo para a presidência da Câmara disse que quer “ouvir todos os autarcas e população”, como primeira medida para “começar por ouvir aquilo que vai bem e que vai mal, neste momento, na gestão do município”.

“A partir daí, vamos delinear o nosso trabalho e começar a executar o nosso programa eleitoral nas várias áreas” delineadas e que constam do caderno de encargos para este mandato, assente em cinco eixos.

Para João Valério, o resultado de domingo “é, no fundo, o espelho de um trabalho de uma equipa alargada, composta por pessoas oriundas de vários pontos do concelho que tinham um projeto claro e definido para o futuro” de Oliveira de Frades.

“Olho para este resultado como sinónimo de trabalho, suor, sacrifício e muita vontade, e a acreditar em todos os elementos da minha equipa. É uma vitória de uma equipa e não minha”, assumiu, enquanto destacou o projeto apresentado para “alargar horizontes” para o concelho.

Do lado do Nós, Cidadãos!, que conquistou a Câmara em 2017, a única do país pelo partido, Paulo Ferreira disse à agência Lusa que não se sente derrotado, “apenas não” foi o projeto que os oliveirenses escolheram.

“Nunca vou sentir que perdemos a Câmara. A minha perspetiva é sempre, quando estamos em democracia, há escolhas que se fazem, a comunidade entendeu depositar a confiança para os próximos quatro anos nas propostas que o PSD apresentava e somos apenas o resultado deste ato eleitoral”, considerou.

Paulo Ferreira disse ainda que, quando iniciou “este sufrágio sabia que ou iria dar continuidade à presidência ou ser vereador” na oposição e, por isso, disse que assumirá “até ao fim ou até que haja algum impedimento”, mas por sua vontade irá “até ao final como vereador”.

“O que sinceramente desejo é que, por via da política, nunca haja impedimento de que a governança seja impedida”, prometeu, enquanto destacou a conquista de “mais uma junta de freguesia” que o partido não tinha há quatro anos.

Em Oliveira de Frades, a coligação PSD/CDS-PP conseguiu 45,35% dos votos (2.741) e o Nós, Cidadãos! atingiu 41,30% (2.496) do eleitorado. A esta Câmara concorreram também Porfírio Carvalho (PS) que chegou aos 6,54% (395) e Miguel Martins (CDU) com 3,08% (186).

O escrutínio contou com 1,99% (120) de votos brancos e 1,75% (106) de votos nulos, num município que tinha 8.710 inscritos e votaram 6.044 pessoas, ou seja, 69,39% do eleitorado.

 

Pode ver também

V.N.Paiva – 1ª Reunião de Câmara do Novo Executivo

Realizou-se na manhã desta sexta-feira, 22 de outubro, no Salão Nobre da Câmara Municipal de …

Comente este artigo