Home / Notícias / JMJ: Diocese de Viseu recebe dois mil peregrinos, a maioria de França

JMJ: Diocese de Viseu recebe dois mil peregrinos, a maioria de França

Dois mil peregrinos de vários países, a maioria dos quais de França, vão participar nos Dias na Diocese de Viseu, cujo programa tem como pilares o acolhimento, a cultura, a missão, o desporto e o envio.

“Conseguimos dinamizar a diocese de uma forma global, integrámos toda a gente”, disse à agência Lusa o coordenador do Comité Organizador Diocesano (COD) de Viseu para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023, Fernando Chapeiro.

O responsável explicou que “uma forma de integrar todas as paróquias foi, no desenvolvimento e na definição dos programas para os Dias na Diocese, pedir-se que elaborassem um programa de acordo com os cinco pilares”.

“Algumas desenvolveram-no sozinhas, outras uniram-se para criarem um programa que mostra o bom acolher da Diocese de Viseu. Isto resultou em 23 programas”, sublinhou.

Segundo Fernando Chapeiro, desta forma foi conseguido na diocese “um dinamismo muito grande, com o envolvimento de muita gente, mesmo do poder civil, as juntas de freguesia e as câmaras”.

O foco do COD foi acolher os peregrinos em famílias: “Conseguimos arranjar 325 famílias, o que nos permite acolher grande parte dos peregrinos internacionais, que são 1.983”.

Os peregrinos da Diocese de Lyon (França), que são cerca de 800, “pediram para ficar juntos e ficarão num espaço de acolhimento coletivo, o Colégio da Via Sacra”, em Viseu, contou.

A seguir a França, Espanha é o país de onde mais peregrinos se vão deslocar para a Diocese de Viseu.

A partir de quarta-feira e até ao dia 31, haverá várias atividades nos vários concelhos da diocese, mas duas delas reunirão “todos os peregrinos, todos os voluntários, todos os jovens que vão para as jornadas e todas as famílias”, num total de cerca de três mil pessoas, avançou Fernando Chapeiro.

Uma delas ocorrerá no dia 28, na vila de Sátão, onde decorrerá “um arraial tuga, uma festa tipicamente portuguesa, com bailarico e comes e bebes”, e a outra no dia 30, no palco da Feira de São Mateus, em Viseu, que acolherá a “Celebração do envio”.

Irão para Lisboa 763 peregrinos da Diocese de Viseu, alguns dos quais participarão na elaboração de um tapete de flores no Parque Eduardo VII.

O Papa, primeiro a inscrever-se na JMJ, chega a Lisboa no dia 02 de agosto, tendo prevista uma visita de duas horas ao Santuário de Fátima no dia 05 para rezar pela paz e pelo fim da guerra na Ucrânia.

Considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, a jornada nasceu por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso de um encontro com jovens em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

Lusa

 

Pode ver também

Noite de Gala do TRC atribui Prémio de Mérito a João Gama

O 16º aniversário da reabertura ao público do majestoso Teatro Ribeiro Conceição (TRC), em Lamego, é …

Comente este artigo