Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Iniciativa “No Poupar Está o Ganho” leva a educação financeira às salas de aula de Viseu Dão Lafões

Iniciativa “No Poupar Está o Ganho” leva a educação financeira às salas de aula de Viseu Dão Lafões

Centenas de alunos de escolas de Viseu Dão Lafões vão começar o ano de 2023 a aprender mais sobre o que devem fazer se detetarem a presença da vespa asiática, ou velutina, no território. Esta iniciativa insere-se no projeto “Deteção e Combate à Espécie Exótica Invasora Vespa Velutina”, promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, e arrancou em Mangualde. 

As ações de sensibilização relativas ao combate à vespa velutina são destinadas a alunos do 8.º e 9.º ano e são dinamizadas pela Coopbei (Cooperativa Agrícola e Apícula das Beiras).  

O objetivo do projeto é melhorar o conhecimento da população da região Viseu Dão Lafões quanto a comportamentos e procedimentos a adotar quando detetada a presença da espécie exótica invasora Vespa velutina. Pretende-se alargar a aplicação de medidas preventivas e tornar mais eficaz o controlo e minimização dos efeitos nefastos desta espécie. 

O projeto prevê a realização de ações de sensibilização em todos os concelhos que integram a CIM Viseu Dão Lafões. A iniciativa de ontem contou com a participação de 50 alunos do 8.º ano da Escola EB 2,3 Gomes Eanes de Azurara, em Mangualde. Estão já agendadas ações idênticas na Escola EB D. Duarte, em Vil de Soito (12 de janeiro, das 15h20 às 16h10, para 57 alunos do 8.º ano), na Escola Secundária de Viriato, em Viseu (17 de janeiro, das 14h30 às 15h30, para alunos do 8.º ano) e na EB Dr. Azeredo Perdigão, em Abraveses (19 de janeiro, das 16h20 às 17h10, para 22 alunos do 9.º ano). 

Estas ações de sensibilização vão ao encontro das orientações do “Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal”, contribuindo para a sua implementação à escala sub-regional. 

Recorde-se que a CIM Viseu Dão Lafões, no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), viu aprovada uma candidatura, com um investimento elegível de aproximadamente 340 mil euros, para a deteção e combate à vespa asiática. A candidatura aprovada consiste na implementação de ações dirigidas para a prevenção, vigilância e controlo da espécie sobre os ecossistemas. 

Entre outras iniciativas, este projeto promoveu a instalação e monitorização de uma rede de armadilhas entomológicas, tendo em vista a deteção precoce da presença de exemplares ou ninhos de vespa velutina e o acompanhamento e estudo da sua dispersão por todo o território da CIM Viseu Dão Lafões. 

Adicionalmente, no âmbito deste projeto, que conta com a colaboração da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, a CIM distribuiu equipamentos para a deteção e combate a esta espécie, incluindo armadilhas e feromonas, equipamento de proteção individual (EPI), kits de destruição de ninhos, hipsómetros e binóculos, bem como a divulgação de procedimentos de monitorização junto de várias entidades, como os Gabinetes Técnicos Florestais e Serviços Municipais de Proteção Civil, bombeiros, sapadores florestais, organizações de apicultores, de caça e de produtores florestais, entre outros. 

Para Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, “a vespa asiática representa uma ameaça séria à biodiversidade, assim como para a atividade agrícola, e todos os esforços não são demais para a combater. Por isso, é fundamental consciencializar os alunos para a importância da deteção atempada desta espécie invasora. Os alunos vão ficar a saber muito mais sobre os procedimentos a ter e, ao levarem os ensinamentos para casa, serão famílias e comunidades inteiras que ficarão mais despertas para um problema que afeta o nosso território”. 

 

Pode ver também

Ministra da Defesa Nacional acompanha em Viseu atividades de divulgação das Forças Armadas

Programa contará também com a presença do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas e do …

Comente este artigo