Home / Notícias / Gente da Nave – Alvite nega ter havido agressões no jogo da primeira mão frente ao Vila Chã de Sá

Gente da Nave – Alvite nega ter havido agressões no jogo da primeira mão frente ao Vila Chã de Sá

Na tarde deste passado domingo, 2 de abril, o final do jogo entre o Vila Chá de Sá com o Alvite, a contar para a segunda mão dos oitavos de final da Taça da A.F. Viseu, ficou marcado por agressões, tendo havido a necessidade de a GNR (Guarda Nacional Republicana) e o público intervirem para travar os confrontos.

Rui Clemêncio, Presidente de Direção do Gente da Nave – Alvite, em declarações à Alive FM, explica o sucedido no final do jogo em Vila Chã de Sá com a equipa local, “é uma situação lamentável que não devia ter acontecido…”.

O Presidente do Gente da Nave – Alvite diz que é “completamente falso” o que vem escrito em alguns meios de comunicação social, que tenha havido agressões no jogo da primeira mão no seu próprio estádio, acrescentado que, alguns dos diretores e jogadores de ambas as equipas, no final do respetivo jogo, estiveram a confraternizar (lanchar).

Rui Clemêncio, diz que, com sete jogadores castigados as dificuldades vão ser grandes para constituir a equipa, para disputar a meia-final da taça. Confirmando que, o clube “em sua defesa”, já recorreu junto do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Viseu no sentido de ver despenalizados alguns dos seus jogadores.

Rui Clemêncio

Domingo, 18 de abril, pelas 16h00, joga-se a 1ª mão das meias-finais, Moimenta do Dão – Gente da Nave – Alvite.

Video:

 

Pode ver também

A Magia do Natal este fim de semana em Santar

A Magia do Natal vai estar presente durante este fim de semana prolongado em Santar …

Comente este artigo