Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Futuro da PSA de Mangualde depende de veículo elétrico

Futuro da PSA de Mangualde depende de veículo elétrico

O futuro da fábrica de veículos ligeiros, do grupo Peugeot-Citroen (PSA) de Mangualde, depende da produção de um modelo eléctrico, com baixas emissões, de acordo com informações prestadas nesta sexta-feira, pelo director geral da empresa, José Maria Castro.

As declarações tiveram lugar na própria fábrica, na sequência de uma visita do ministro da economia, a propósito do Roteiro da Indústria Automóvel.

O director-geral disse que a decisão sobre se o projecto vai ou não avançar, terá de ser tomada até ao final do ano, com o arranque da produção em série do modelo eléctrico, prevista para 2023. Para que a decisão seja favorável é necessário que o Governo dê o seu apoio, mas também que exista «paz social», segundo José Maria Castro.

«Temos de criar as condições de paz social que nos permitam consolidar o projecto. Mesmo que tenhamos o apoio do Governo, sem condições sociais não o conseguiremos executar. A greve dos trabalhadores acabou no final do ano. Pedimos às organizações sociais e à comissão de trabalhadores duas condições para negociar: fazer um reset de todo o conflito – não nos podemos sentar à mesa e negociar quando há processos judiciais – e pedimos para respeitar o que vai ser acordado, o que não nos parece nada de fora do normal. Esperamos uma resposta, que esperamos positiva, para podermos sentar-nos e negociar», referiu o director-geral, citado pelo Dinheiro Vivo.

O responsável da empresa acredita que o veículo pode vir a representar 70% da produção, em 2025, acrescentando também que a continuação da fábrica «não será viável», se o projecto não for para a frente.

Estima-se que o investimento para a produção do novo modelo eléctrico se fixe nos 18 milhões de euros.

Para além da Opel Combo, o projecto envolve ainda a Citroen Berlingo e a Peugeot Partner, outros modelos produzidos nesta unidade do distrito de Viseu. No final do ano serão conhecidos mais detalhes sobre o projecto, que já se encontra «pré-aprovado pela direcção-geral da PSA».

 

Pode ver também

Museu do Quartzo, em Viseu, expõe histórias e testemunhos sobre a exploração mineira em Santa Luzia

“Do bronze ao aço” inaugura este domingo, dia 25. Exposição propõe uma viagem no tempo …

Comente este artigo