Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Escola Superior Agrária de Viseu, recebe nova edição da Escola de Queijeiros em setembro

Escola Superior Agrária de Viseu, recebe nova edição da Escola de Queijeiros em setembro

A 2.ª edição da “Escola de Queijeiros”, iniciativa direcionada especificamente para a produção de queijo com Denominação de Origem Protegida (DOP) da Serra da Estrela, Beira Baixa e Rabaçal, arranca em setembro.

Esta segunda ação formativa é lançada pela Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster) e tem como objetivo a capacitação para o conhecimento das principais técnicas de produção de queijo com DOP, de acordo com as especificidades das Regiões DOP da Serra da Estrela, Beira Baixa e Rabaçal.

Em comunicado, o projeto Queijos Centro Portugal refere que esta é mais uma iniciativa ao abrigo do Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro, financiado pelo Centro2020, Portugal2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Pretende ainda contribuir para o reforço desta atividade, para a promoção da inovação e conhecimento dentro da fileira dos queijos DOP da Região Centro, bem como para a sua valorização e aumento da competitividade.

“A boa recetividade da 1.ª edição da Escola de Queijeiros, decorrida em outubro de 2020, permitiu avançar-se para uma 2.ª edição para a qual as inscrições, sem qualquer custo associado, decorrem até ao próximo dia 12 de setembro de 2021”, lê-se na nota.

A escola conta com um total de 30 vagas disponíveis e irá decorrer nas Escolas Superiores Agrárias de Viseu, de Castelo Branco e de Coimbra.

A carga horária é de 80 horas em regime de horário laboral, sendo que, dessas, 40 horas estão destinadas à componente teórica e as restantes 40 destinadas à componente prática a realizar em contexto de trabalho, em queijarias de cada região DOP.

Os interessados podem contactar a InovCluster, pelo telefone 272 349 100 ou pelo email geral@queijoscentrodeportugal.pt.

 

Pode ver também

Festival Outono Quente, de Viseu, privilegia artistas locais e nacionais

Duas companhias internacionais, 14 nacionais e 17 locais, num total de 80 artistas, animam de …

Comente este artigo