Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Eberspächer em Tondela prepara-se para retomar gradualmente a produção

Eberspächer em Tondela prepara-se para retomar gradualmente a produção

O grupo alemão Eberspächer prepara-se para retomar gradualmente a produção nas suas empresas, que são cerca de 40 em todo o mundo, incluindo a situada no concelho de Tondela, que está a laborar desde setembro de 2017.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a empresa lembra que, apesar da pandemia de covid-19, “a indústria automóvel planeia recomeçar de forma gradual a sua produção nas próximas semanas”.

“A situação requer um elevado grau de flexibilidade de todos os envolvidos de forma a podermos reagir de forma adequada às solicitações dos clientes”, refere Heinrich Baumann, sócio-administrador do grupo Eberspächer.

O grupo garante que mantém “um contacto regular com os seus fornecedores para coordenar, de forma eficiente, as necessárias cadeias de fornecimento”.

A primeira fábrica do grupo alemão em Portugal foi inaugurada em Tondela, no distrito de Viseu, com o objetivo de produzir sistemas de tecnologia de escape para veículos de passageiros para fabricantes internacionais de automóveis em Portugal, Espanha e norte de Marrocos.

No comunicado, o grupo refere que foram implementadas “medidas profundas para a proteção da saúde dos seus colaboradores”, que incluem “desde a implementação de regras de higiene e sistemas de turnos modificados, até à equalização de pontos de contacto, incluindo tempos de pausa desfasados”.

“Nos locais na produção onde não é possível assegurar a distância mínima recomendada entre postos de trabalho, serão, por exemplo, instaladas divisórias em acrílico. Quando os colaboradores reiniciarem o seu trabalho, será ministrada formação específica, incluindo o correto uso das máscaras de proteção”, acrescenta.

Apesar disso, Heinrich Baumann mostra-se cauteloso: “Estamos a receber os primeiros sinais positivos dos nossos clientes. Contudo, iremos enfrentar semanas desafiantes, uma vez que os efeitos da pandemia no mercado automóvel são drásticos”.

 

Pode ver também

Hospital de Viseu avança com obras nas urgências após “luz verde” do Tribunal de Contas

O Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) vai avançar com a requalificação do serviço de urgência, …

Comente este artigo