Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Covid-19: Viseu ativou Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil

Covid-19: Viseu ativou Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil

A Câmara de Viseu ativou o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil, na sequência de um aumento de casos positivos de covid-19 na área do concelho.

“Nos últimos seis dias, em Viseu, houve um acréscimo de 210 novos casos no concelho, o que resultou numa taxa, de 462 casos /100 mil habitantes.

Segundo o município, “da avaliação à atual situação epidemiológica da covid-19 no concelho, concluiu-se, por unanimidade, pela necessidade de um empenho extraordinário de todas as instituições e da população na mitigação dos efeitos que podem advir de uma, já evidenciada, trajetória ascendente desta pandemia com tendência de agravamento nas próximas semanas”.

Uma situação preocupante, mas que acompanha o aumento de casos que se tem verificados a nível mundial nas últimas semana, referiu à CNN Portugal, o autarca de Viseu, Fernando Ruas.

Além do aumento dos casos no concelho de Viseu, informação disponibilizada pelo município presidido por Fernando Ruas disse ainda que o “Centro Hospitalar Tondela Viseu está também a sentir um acréscimo da pressão resultante da evolução desta pandemia, motivando o recurso a novas medidas previstas no seu plano de contingência, garantindo assim a manutenção da capacidade de resposta desejada”.

Estas informações foram anunciadas pela Câmara após uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil (CMPC).

Com o aumento de casos de Covid-19, o município de Viseu já cancelou algumas das iniciativas previstas para a época de natal, e caso seja necessário, o programa pode vir a ser reajustado com o acompanhamento permanente da evolução epidemiológica, referiu o presidente Fernando Ruas.

“Sem prejuízo das regras, normas e orientações da Direção-Geral da Saúde em vigor, a Comissão Municipal de Proteção Civil, face à evolução pandémica observada, apela também, a toda a comunidade, a um empenho extraordinário para travar o crescimento de casos observados”.

Assim, desaconselha-se “todo e qualquer tipo de ajuntamentos potenciadores de contágios, nomeadamente a realização de jantares convívio e festas de Natal, tradicionais nesta época”, e que “conduzirão a um cenário vivido no ano passado, com graves consequências já conhecidas”.

A Comissão apela ainda “ao maior cuidado na utilização das linhas e meios de emergência médica, destinadas apenas às situações críticas, de modo a reduzir o stress já verificado nas urgências hospitalares e nos meios de emergência pré-hospitalar”.

“A Comissão Municipal de Proteção Civil recorda, por isso, a importância da Linha Saúde 24 (808 24 24 24) para uma triagem inicial, comunicação e aconselhamento de situações e sintomas menos gravosos, relacionados com a suspeita da covid-19 e de outras patologias”.

 

Pode ver também

Tabuaço: detido em flagrante por caça com meios proibidos

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Moimenta da …

Comente este artigo