Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Covid-19: Presidente de Cinfães acredita que surto em duas escolas está controlado

Covid-19: Presidente de Cinfães acredita que surto em duas escolas está controlado

Armando Mourisco assumiu que “os focos foram identificados no Centro Escolar de Tarouquela e no Centro Escolar de Cinfães” e, perante isto, “o Centro de Tarouquela foi encerrado e os alunos e agregados familiares ficaram em isolamento”.

Os 38 novos casos de contágio de SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, que Cinfães registou na semana de 14 a 21 de abril colocou em isolamento profilático cerca de 400 pessoas que foram testadas esta quarta-feira e cujos resultados apresentaram “um único positivo”.

“Em termos de saúde está tudo muito bem confinado. Sabemos quais são os casos, qual é a origem e está tudo devidamente controlado pelas autoridades de saúde e o facto de ter aparecido um único caso positivo nos testes é sinal que estava tudo muito bem controlado e a cadeia estava suspensa”, considerou.

“Ontem [quarta-feira] foram testadas cerca de 400 pessoas ligadas aos complexos escolares e de todos estes testes a alunos e familiares só um é que foi positivo, tudo o resto foi negativo. O único caso positivo surgiu no complexo de Cinfães”, contou.

O Centro Escolar de Tarouquela “já abriu para os terceiro e quarto ano escolar” e, em Cinfães, “estão três turmas em casa, em isolamento profilático” e, “há alunos que já regressam hoje à escola e, se tudo correr bem, os outros regressam para a semana”, adiantou o autarca.

Na semana anterior também já tinham sido feitas “centenas de testes e essa vai ter de ser a estratégia a partir de hoje” de modo a “tentar controlar a transmissão, nomeadamente nos centros escolares”, acrescentou.

“Estamos atentos e tranquilos e agora só temos de esperar que quem está infetado não venha a ter problemas de saúde”, sublinhou Armando Mourisco, manifestando esperança de que não surjam “novos casos”.

Em cima da mesa, admitiu, está a “preocupação com a próxima fase do desconfinamento” tendo em conta que “estes números vão trazer, quase de certeza, consequências” para o concelho.

“Vamos ter esperança que não apareça mais caso nenhum até lá e que consigamos baixar para a média necessária e podermos avançar no desconfinamento”, disse Armando Mourisco que, apesar de considerar que “38 não é um número muito elevado, perante os indicadores necessários para a continuidade do desconfinamento leva o concelho para um número superior a 200 pessoas por 100 mil habitantes”.

O concelho de Cinfães, a norte do distrito de Viseu, faz fronteira com o Rio Douro, Resende e Castro Daire e com o distrito de Aveiro e, nos Censos de 2011 registava mais de 20.000 habitantes.

 

Pode ver também

Inclusão social é uma das prioridades da região Viseu Dão Lafões – autarca

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai, na estratégia para o próximo quadro financeiro …

Comente este artigo