Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Covid-19: Ordem dos Médicos preocupada com a capacidade de resposta do Centro Hospitalar Tondela-Viseu

Covid-19: Ordem dos Médicos preocupada com a capacidade de resposta do Centro Hospitalar Tondela-Viseu

A Ordem dos Médicos está preocupada com a capacidade de resposta do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) perante a pandemia da Covid-19.

Em reunião com o conselho de administração do Hospital, a Ordem transmitiu as preocupações dos médicos, incluindo a capacidade de o Hospital de Viseu “dar resposta diagnóstica à Covid-19”.

Em declarações aos jornalistas, o presidente da Secção Regional do Centro, Carlos Cortes, disse que a administração assegurou que essas dificuldades “vão ser agora resolvidas” quando o laboratório estiver a funcionar.

Além da resposta ao novo coronavírus, a Ordem dos Médicos também se revelou preocupada com a situação nas urgências, que, segundo Carlos Cortes, se tem mostrado incapaz de “receber adequadamente os doentes na sua separação entre respiratórios e não-respiratórios”. Esta é uma situação, que segundo Carlos Cortes, tem muitos anos e que agora vai criar enormes constrangimentos tendo em conta o atual momento da pandemia.

Os problemas no hospital de Viseu, também se estendem a várias outras especialidades, nomeadamente a oncologia médica, a hematologia e a medicina interna, onde, acrescentou Carlos Cortes, existem dificuldades a nível dos recursos humanos.

Miguel Guimarães da Ordem dos Médicos, após a visita ao Centro Hospitalar Tondela-Viseu, lamentou que as consulta que estavam a ser realizadas presencialmente ou em formato de medicina à distância com imagem estejam a ser substituídas por contactos telefónicos.

O bastonário da Ordem do Médicos espera que nesta segunda vaga da pandemia, os doentes com doenças crónicas não fiquem sem resposta do Serviço Nacional de Saúde, Miguel Guimarães, lamentou também que o plano de saúde outono/inverno ainda não esteja concluído.

Miguel Guimarães diz que o Governo não aproveitou os meses de verão para delinear o programa de combate à pandemia da Covid-19.

Ordem do Médicos reuniu com a administração do Hospital de Viseu, em cima da mesa esteve a capacidade de resposta do hospital à pandemia da Covid-19.

 

Pode ver também

Treinador do Tondela reconhece dificuldades na receção ao Vitória de Guimarães

O treinador Pako Ayestarán assumiu hoje que “vai ser muito difícil” a receção ao Vitória …

Comente este artigo