Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / CIM Viseu Dão Lafões e ADD Apostam na Valorização do Artesanato

CIM Viseu Dão Lafões e ADD Apostam na Valorização do Artesanato

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões e a Associação de Desenvolvimento do Dão (ADD) levam para o terreno a candidatura CRAFT – Turismo Criativo Viseu Dão Lafões,.

Esta candidatura, assume-se como um projeto de valorização, qualificação e promoção turística baseado nos recursos e ativos patrimoniais, culturais e imateriais associados ao artesanato, do saber-fazer à criatividade, que conta com a participação ativa das comunidades de Aguiar da Beira, Sátão, Penalva do Castelo, Mangualde e Nelas.  

O projeto CRAFT – Turismo Criativo desenha-se em torno de três grandes objetivos: Em primeiro lugar, visa estruturar e desenvolver produtos turísticos com base na preservação, valorização e promoção dos ativos associados ao património cultural imaterial da região. 

Em segundo lugar, procura contribuir para a inovação e valorização de recursos e produtos relacionados com o saber-fazer e os modos de produção locais, convergindo para a qualificação da oferta e cadeia de valor turismo de uma forma integrada.  

Por último, ambiciona promover, não só, a diversificação da economia local, mas também, o envolvimento das comunidades em novas atividades económicas.  

Neste contexto, o CRAFT – Turismo Criativo Viseu Dão Lafões atuará de forma articulada, sobre diversas dimensões da cadeia de valor turístico, integrando tarefas e levantamento e estruturação de informação, iniciativas de qualificação e capacitação de agentes, co-criação de novos produtos e experiências, estruturação de uma rota temática e ações de ativação e comunicação. 

De acordo como Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com este projeto, muito focado na capacitação de diversos agentes locais ligados ao artesanato, a CIM, a exemplo de outras iniciativas de qualificação da oferta turística que tem levado a cabo no seu território, nomeadamente ao nível do enoturismo, da gastronomia ou da ativação do património histórico e natural, pretende dar mais um passo na dinamização de um novo setor, enquanto fator diferenciador e catalisador da atratividade turística”. 

“Entendemos que o turismo é uma ferramenta essencial no desenvolvimento dos territórios, com este projeto, que promove o património associado às artes e ofícios tradicionais, enquanto fator de diferenciação e competitividade, pretendemos estruturar, no nosso território, uma experiência turística de âmbito cultural ímpar, capaz de afirmar Viseu Dão Lafões enquanto destino de excelência”, concluiu o Secretário Executivo.

 

Pode ver também

Autarquia de Santa Comba Dão atribui mais de 120 mil euros a associações

A Câmara de Santa Comba Dão vai apoiar este ano vinte associações com expressão concelhia …

Comente este artigo