Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Cerca de 16 mil Passaportes Douro já guiam os turistas pelo território

Cerca de 16 mil Passaportes Douro já guiam os turistas pelo território

Cerca de 16 mil turistas já possuem o Passaporte Douro, um projeto criado pela comunidade intermunicipal para incentivar à descoberta de 76 pontos de interesse espalhados pelos 19 municípios e cuja procura se intensificou nesta Páscoa.

Lançado pela Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) no verão de 2021, o passaporte guia os visitantes por toda a região. A iniciativa quis impulsionar o turismo no Douro após a pandemia de covid-19.

O presidente da CIM, Carlos Silva Santiago, disse hoje à agência Lusa que, até ao momento, foram levantados passaportes por cerca de 16 mil pessoas nas lojas interativas de turismo dos 19 municípios, salientando que a “expectativa tem sido superada”.

O objetivo de valorização do território através do turismo está, frisou, “está a ser alcançado”.

“Estamos convictos de que este fim de semana prolongado possa trazer um acréscimo de visitantes ao território, não só alguns que já têm o passaporte, mas também outros que vêm levantar o passaporte”, afirmou o também presidente da Câmara de Sernancelhe.

Segundo referiu, “está muita gente a carimbar o passaporte, depois de um período mais calmo de inverno”.

Na loja interativa de turismo de Vila Real, Cristina Jorge disse à Lusa que tem sido muita a procura de turistas quer para levantar o Passaporte Douro, quer para o carimbar.

Ali estão colocados os carimbos referentes a dois pontos de interesse turístico deste concelho, o parque Corgo e a Sé de Vila Real.

Uma procura que disse que se intensificou nestes dias que antecedem o fim de semana prolongado de Páscoa. Esta manhã foram cerca de 30 as pessoas que foram a esta loja instalada no centro da cidade, uns à procura de informações e outros de carimbos.

Para além de portugueses, Cristina Jorge disse que têm ali aparecido também muitos espanhóis, franceses, alemães e holandeses.

Silva Santiago descreveu o Passaporte Douro como “um modelo bastante interessante de fazer rodar os turistas pela região do Douro” e exemplificou com o seu concelho, Sernancelhe, que também está a sentir um acréscimo de turistas e novas dinâmicas quer na hotelaria, quer também na restauração.

Neste guia cabe “todo o Douro”: a área classificada como Património Mundial pela UNESCO, os rios, as vinhas em socalco, os miradouros, os monumentos, os museus, as igrejas históricas, e tudo aliado à história, à gastronomia e à promoção dos produtos locais.

Toda uma região que, como o autarca lembrou, o escritor Miguel Torga descreveu como “um excesso da natureza”.

Para auxiliar os visitantes, está disponível uma aplicação que contém vídeos promocionais dos pontos de interesse indicados por cada município e, à passagem por cada um dos locais referenciados, os visitantes podem carimbar o passaporte.

O presidente da CIM disse que as 10 pessoas que já complementam o passaporte com os 76 carimbos vão, em breve, receber o certificado de excelência desta região e uma garrafa de vinho do Porto, oferecida pelo parceiro do projeto, o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP).

Depois de inicialmente dirigido ao mercado nacional, já que no ano passado as viagens internacionais estavam condicionadas por causa da pandemia, este ano o passaporte vai ser lançado em outros idiomas, como o espanhol, inglês e francês.

“Foi uma forma interessante de integrar este bonito território do Douro, foi uma forma muito interessante de conseguirmos num documento só valorizar toda a região da CIM Douro e foi também uma forma de conseguirmos trazer as pessoas a todo o território”, frisou Carlos Silva Santiago.

Da CIM Douro fazem parte os concelhos de Alijó, Armamar, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Lamego, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Murça, Penedono, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca, Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real.

 

Pode ver também

Mangualde: Caminhos do Bom Sucesso no domingo

A segunda rota promovida no mês de maio, os “Caminhos do Bom Sucesso”, em São …

Comente este artigo