Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Carros do Museu do Caramulo saem à rua para passear visitantes

Carros do Museu do Caramulo saem à rua para passear visitantes

O Museu do Caramulo vai dar possibilidade aos visitantes de verem, ouvirem, cheirarem e até passearem nalguns dos carros da sua coleção, uns com mais de cem anos e outros desportivos modernos, no próximo dia 15.

“Com as pessoas fartas de confinamento, decidimos avançar com ‘O museu na rua’, duas vezes por ano, agora e em outubro”, disse hoje à agência Lusa o presidente do Museu do Caramulo, Salvador Patrício Gouveia.

Serão colocados a circular carros de diferentes perfis e épocas e, “quem quiser andar neles, só tem de comprar um ‘voucher'”. Outra opção é “ficar só a vê-los circular e tirar fotografias”, acrescentou.

Quem adquirir o ‘voucher’ – cujo valor reverterá na totalidade para a manutenção e conservação da coleção – poderá, além de fazer o passeio de carro, visitar o museu.

Salvador Patrício Gouveia contou que esta ideia surgiu no ano passado: “como não tivemos Caramulo Motorfestival (devido à covid-19) decidimos tirar os carros e, de repente, apareceu imensa gente que queria andar”.

Segundo o responsável, como “todos os carros têm que andar pelo menos uma vez por ano”, não é estranho alguém ir visitar o museu e ser surpreendido ao encontrar um dos carros na rua.

“Nessas alturas, convidamos a pessoa a andar no carro. Não custa nada, não tem desgaste e é uma experiência inesquecível”, considerou.

Agora, essa experiência de ver “uma peça de arte a funcionar” e experimentá-la pode ter data marcada, acrescentou.

Situado no concelho de Tondela, o Museu do Caramulo tem no seu espólio uma coleção de arte, outra de automóveis, motos e bicicletas e uma terceira de brinquedos antigos.

O museu promove regularmente exposições temáticas e temporárias e organiza vários eventos, como o Salão Motorclássico, o Caramulo Motorfestival e o Rider — Passeio de Motos Clássicas.

 

Pode ver também

Tabuaço: freguesia de Paradela e Granjinha perdeu mais de 40% da população em 10 anos

Paradela e Granjinha, no concelho de Tabuaço e distrito de Viseu, perdeu 45% da sua …

Comente este artigo