Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Viseu distribui máscaras reutilizáveis pelos munícipes

Câmara de Viseu distribui máscaras reutilizáveis pelos munícipes

O presidente da Câmara Municipal de Viseu disse que na última quinzena de maio serão distribuídas pela população 90 mil máscaras reutilizáveis.

“Todas as habitações de Viseu vão receber por correio duas máscaras reutilizáveis. Optámos por esta modalidade, porque se forem descartáveis ao fim de três ou quatro horas deitam-se fora e pronto. Estas reutilizáveis, após a lavagem a determinada temperatura, podem ser reutilizáveis umas dezenas de vezes”, explicou Almeida Henriques.

Nas contas do autarca, a “encomenda” será entregue, “seguramente, na segunda quinzena de maio” e do “pacote” faz parte “um folheto com recomendações de segurança e duas máscaras por habitação”, sendo que “nas famílias numerosas serão acrescentadas mais” algumas.

“Ficaremos com algum stock para poder acudir a uma ou outra situação. Poderá haver uma ou outra falha de alguma casa que não esteja referenciada, e, nesse caso, a pessoa que não receba comprovadamente poderá articular com as juntas de freguesia”, explicou.

António Almeida Henriques disse que “as pessoas não têm de se preocupar, porque as máscaras vão ter a sua casa”, uma vez que “todas as moradas que estão referenciadas nos SMAS [Serviços Municipalizados de Água e Saneamento] vão receber” a oferta.

A autarquia “está a fazer um investimento mais durável, do ponto de vista da utilização dos utentes e, ao mesmo tempo, é um investimento mais amigo do ambiente”.

Almeida Henriques diz que já contabilizou um investimento “de mais de 400 mil euros” em equipamento de proteção individual (EPI), “sem contar com estas máscaras que vão ser distribuídas, nem com os ‘kits’ que estão a chegar aos comerciantes” do concelho.

“A Câmara tem-se substituído à Segurança Social, comprando EPI para poder entregar às IPSS [Instituições Particulares de Solidariedade Social] do concelho de Viseu que, num sentido global, onde também conto as instituições infantis, são 53”, contou.

Neste sentido, acrescentou o autarca, “trabalham sensivelmente 1.500 a 1.600 pessoas e, só na população mais idosa, são na casa dos 3.500 utentes, entre os que estão em lares, em apoio domiciliário, mais os do regime de centros de dia que, muitos deles, estão agora no apoio domiciliário”.

“Estamos a falar de um universo que temos procurado acarinhar, porque se somarmos tudo isto, 06% da população de Viseu está ligada diretamente a IPSS, uma vez que entre idosos e trabalhadores, são seis mil pessoas”, contabilizou.

Almeida Henriques acrescentou que a autarquia, neste momento, “está a terminar o processo de testes a todas as IPSS” e, até esta quinta-feira, no Pavilhão do Fontelo, decorrem “testes a todo o pessoal das creches, num trabalho articulado com a segurança social e com a autoridade de saúde”.

 

Pode ver também

Lamego: Festival Wine & Music Valley regressa em 2021. Ana Moura e João Pedro Pais estão entre os artistas confirmados

A Câmara Municipal de Lamego anunciou que o festival inspirado no vinho, Wine & Music …

Comente este artigo