Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Tondela com saldo de gerência de quase nove milhões de euros em 2020

Câmara de Tondela com saldo de gerência de quase nove milhões de euros em 2020

A Câmara Municipal de Tondela anunciou hoje que aprovou, com os votos contra da oposição, as contas de 2020 com um saldo de gerência de quase nove milhões de euros (ME).

“Os indicadores da conta de gerência espelham a confortável situação económica, orçamental, patrimonial e financeira do Município de Tondela, em resultado das opções estratégicas e políticas delineadas por este executivo”, refere o presidente da câmara, José António Jesus.

De acordo com um comunicado de imprensa da autarquia, divulgado hoje, as contas foram aprovadas esta quarta-feira, com cinco votos a favor (PSD) e dois votos contra dos vereadores da oposição (PS) na Câmara de Tondela, que encerrou 2020 “com um saldo de gerência de 8.990.792,01 euros”.

Este saldo, segundo o mesmo documento, “já havia sido incorporado no exercício financeiro do corrente ano” e “apresenta um conjunto de variáveis que são muito positivos, nomeadamente um resultado líquido que se cifrou nos 807 mil euros”.

A autarquia apresenta “uma situação robusta com a capacidade financeira de absorver desafios futuros” e, em relação “às grandes opções do plano, conclui-se que são as funções sociais, com 47%, que assumem a maior fatia de execução, seguindo-se as funções económicas, que representam 38% da execução”, sublinha o presidente da Câmara.

“O grau de execução da receita em 2020 foi de 70,99% e o da despesa de 52,56%, o que também não deixa de ser consequência das novas prioridades e urgências inerentes ao período pandémico”, justifica a nota de imprensa.

A isto, continua, “junta-se a falta de mão de obra de algumas empresas adjudicatárias, responsáveis por obras de grande vulto, e a subida de matérias essenciais que tem deixado alguns concursos sem concorrentes, como se tem verificado de forma geral”.

 No que diz respeito ao equilíbrio orçamental, este município, do distrito de Viseu “apresenta uma margem, face ao limite das despesas correntes, de quase 4,5 milhões de euros”, sendo que as receitas correntes “foram suficientes para fazer face às despesas do mesmo tipo”, refere a mesma nota.

“Atingiu-se uma execução de 95,9%”, destaca o executivo municipal no documento onde também coloca em evidência a receita proveniente da cobrança do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) “no valor aproximado de 2,7 ME e da derrama, que ronda os 1,2 ME”.

A Câmara Municipal de Tondela apresentava ainda, em 31 de dezembro de 2020, um “montante total da dívida de cerca de 5,6 ME”.

 

Pode ver também

Covid-19 / Sátão: Número de casos e taxa de incidência aumentam

Desde o início do mês de novembro, o número de casos da Covid-19 no concelho …

Comente este artigo