Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de São Pedro do Sul lançou mais de 60 obras públicas em 2020
Câmara Municipal de São Pedro do Sul

Câmara de São Pedro do Sul lançou mais de 60 obras públicas em 2020

O presidente da Câmara Municipal de São Pedro do Sul disse que durante um mês foram lançadas todos os dias obras que ultrapassam os cinco milhões de euros de investimento.

“De 30 de outubro até 27 de novembro lançámos todos os dias diversos tipos de obras, desde escolas, pavimentação de estradas, abastecimento de água, central de camionagem, muros, redes de saneamento, ou seja, só num mês o investimento é, de longe, superior a cinco milhões de euros”, sintetizou Vítor Figueiredo.

O autarca acrescentou que a autarquia realizou investimentos “na ordem dos nove milhões de euros” ao longo de 2020, um ano em que foram “batidos todos os recordes no que diz respeito a quantidade de obras e, neste momento, já são 66 as obras que foram lançadas em concursos públicos”.

“Não, não tem a ver com as eleições, tem a ver com a situação financeira do município. Quando entrei, o município tinha um passivo de 26 milhões de euros de dívidas e, neste momento, conseguimos abater 11 milhões e a situação financeira vai-se negociando”, justificou.

Vítor Figueiredo explicou que “grande parte destas obras agora lançadas tem apoio”, uma vez que foram alvo de candidaturas.

Por exemplo, “a escola secundária tem 92,5% de comparticipação, a central de camionagem 85%, a zona de lazer de Pouves 50%, tal como o mercado municipal, e o pavilhão municipal tem 60%”.

“Conseguimos agora conciliar todas estas obras e a verdade é que todas já estão ou em execução ou em lançamento de concurso público. Umas são de requalificação, outras são obras de raiz, temos de tudo um pouco, como a pavimentação da estrada que liga São Pedro do Sul às Termas”, acrescentou.

O presidente eleito pelo PS justificou ainda que “não tem nada a ver com ser ano de eleições, até porque há obras que não vão ficar prontas em 2021, vão arrastar-se no tempo, como é o caso da escola secundária, que vai demorar ano e meio, e a central de camionagem”.

No que diz respeito à central de camionagem, “o investimento é de cerca de 800 mil euros e era daquelas obras que se falava há mais de 20 anos e agora o executivo conseguiu arranjar comparticipação para que acontecesse” a requalificação.

“Estamos a falar de investimentos avultados, de obras grandiosas, em que havia necessidade de as realizar e, nos últimos anos, temos vindo a desenvolver este trabalho de conseguir comparticipações para não custar tanto ao erário público”, defendeu.

 

Pode ver também

Campeonato de Portugal – Serie C – Jogos da 7ª Jornada

Realizou-se este domingo, 28 de novembro, a 7ª jornada do Campeonato de Portugal – Serie …

Comente este artigo