Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Cabeça de lista do PSD Viseu, Hugo Carvalho defende criação de agenda para fixar pessoas no interior

Cabeça de lista do PSD Viseu, Hugo Carvalho defende criação de agenda para fixar pessoas no interior

O Cabeça de lista do PSD pelo círculo eleitoral de Viseu às eleições legislativas, Hugo Carvalho, garante que as ações de campanha vão seguir todas as precauções e regras de saúde impostas devido à pandemia

Hugo Carvalho, referiu que toda a candidatura do PSD e todos os membros da lista candidata têm “ambição nesta corrida eleitoral”. Ao apelar à confiança dos eleitores do distrito, Hugo Carvalho disse que “o PSD apresenta a todos os cidadãos uma lista com pessoas capazes e prontas a defender acessibilidades, saúde e fazer a transição para a era digital no distrito de Viseu”.

Hugo Carvalho exemplificou ainda que “o Partido Socialista não consegue contribuir para esta dinamização. Um exemplo muito claro dessa desgovernação é que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde estão a perder dois médicos por dia”.

“A realidade da governação socialista é que há obras que nunca saíram do papel, promessas que nunca foram cumpridas e um distrito a perder, cada vez mais, população”, referiu Hugo Carvalho. Em complemento, o cabeça de lista utilizou o slogan de campanha “Novos Horizontes para Viseu” para aludir que é necessário mudar de governação e de políticas para o interior. “Tem de ser criada uma agenda que traga as pessoas para cá, que seja dinamizadora de investimento, emprego, digitalização. Uma agenda com projetos mais transversais, mais globais e que permita gerar atração e confiança pelo distrito de Viseu.” 

Na área digital, o cabeça de lista do PSD pelo distrito de Viseu, defende uma reforma com o objetivo de trazer e fixar pessoas.

O social-democrata Pedro Alves explicou que “o Partido Socialista vive de um conjunto de anúncios que não têm sido suficientes para a região de Viseu, uma vez que nada tem sido concretizado” e acrescenta que “o IP3 e a ferrovia são obras estruturantes e fundamentais para o país e o que se sabe, é que nem projetos há concluídos”.

O Presidente da Comissão Política Distrital do PSD de Viseu também defende que tem de existir “um pacto para o interior do país que seja assumido por todos, a nível nacional”, com o objetivo de se inverter “o esvaziamento do interior”.

Na área da saúde, Pedro Alves refere que a ampliação do serviço de urgência do hospital de Viseu “é uma novela sem fim com custos agravados para os contribuintes”.

No plano de atividades anunciado pelo Governo socialista na área da rodovia para o distrito de Viseu, Pedro Alves diz que, “tudo ficou por fazer, com por exemplo a requalificação da EN 229 ligação Sátão – Viseu, que desde 2015 está por concretizar e as obras vão avançar agora no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência”.

“Estão criadas as condições para uma vitória do PSD no distrito de Viseu e, para uma vitória a nível nacional. Portugal precisa de virar a página”, referiu Pedro Alves.

Hugo Carvalho salientou ainda que a campanha eleitoral decorrerá com proximidade junto das pessoas, quer presencialmente nos 24 concelhos, quer por via digital e que toda a campanha será realizada seguindo as precauções e as regras de saúde impostas pela DGS devido à pandemia da COVID-19. 

Hugo Carvalho

 

Pode ver também

Campeonato de Portugal – Série C – Jogos da 14ª Jornada

Joga-se este próximo sábado, 29 janeiro, pelas 15h00, a 14ª jornada do Campeonato de Portugal …

Comente este artigo