Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Nelas: Incêndio seguido de explosões num armazém provoca vários feridos graves

Nelas: Incêndio seguido de explosões num armazém provoca vários feridos graves

Pelo menos cinco bombeiros e um militar da GNR ficaram esta quarta-feira feridos, dois dos quais em estado grave, na sequência de um incêndio, seguido de várias explosões, num armazém, em Vale de Medeiros, freguesia de Canas de Senhorim, concelho de Nelas, segundo informou à Alive Fm, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu.

O comandante da GNR André Batista, avança que um homem, suspeito, está sob custódia da GNR e a ser ouvido e encontra-se a cooperar com as autoridades.

Após a extinção do incêndio, passou a ser uma operação com contornos de diligências policiais no âmbito do terreno, com atividade de investigação.

Miguel David, comandante distrital da Proteção Civil de Viseu, divulgou que um dos feridos leves eram um agente da GNR, enquanto cinco eram bombeiros. Destes cinco, dois ficaram feridos com gravidade: um com um traumatismo nos membros inferiores, outro com um traumatismo na zona do abdómen. Estes seis feridos foram transportados para o Hospital da Viseu.

A Proteção Civil ainda continua no local, mantendo-se um dispositivo de arrefecimento. “Simultaneamente” será criado um “acesso que permita um melhor encaminhamento de meios”. Miguel David disse que foram acionados 41 veículos e 95 operacionais “oriundos de várias entidades” para o local.

Paula Neto, médica do INEM apontou a “projeção de estilhaços” como principal causa dos ferimentos, mas não descartou que um dos feridos graves tenha sido atingido pelo disparo de uma arma de fogo.

O alerta para a ocorrência foi dado por volta das 3h00. O CDOS disse que os bombeiros tiveram dificuldade em chegar perto do local devido às várias explosões.

 

Pode ver também

Padre de Viseu vai ser julgado por tentativa de coação sexual e aliciamento de menor

O padre Luís Miguel Costa vai ser julgado por tentativa de coação sexual e aliciamento …

Comente este artigo