Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autárquicas: Único presidente de câmara eleito pelo Nós, Cidadãos! volta a candidatar-se em Oliveira de Frades

Autárquicas: Único presidente de câmara eleito pelo Nós, Cidadãos! volta a candidatar-se em Oliveira de Frades

O único presidente de câmara eleito pelo partido Nós, Cidadãos!, Paulo Ferreira, vai voltar a candidatar-se, enquanto independente, ao município de Oliveira de Frades, com o objetivo de dar continuidade ao trabalho desenvolvido.

Paulo Ferreira, que era presidente da União das Freguesias de Oliveira de Frades, Souto de Lafões e Sejães, conseguiu em 2017 ser eleito, aproveitando o facto de o então presidente de Câmara, Luís Vasconcelos, estar impossibilitado de se recandidatar devido à lei de limitação de mandatos.

O seu objetivo era conseguir um “maior desenvolvimento cultural, educativo, económico, turístico e social”, colocando as pessoas “sempre em primeiro lugar”.

Ao terminar o seu primeiro mandato, Paulo Ferreira considera “reconfortante e gratificante o sentimento de dever cumprido”.

“Honrámos o passado, envolvemos a comunidade, recuperámos o presente, preparámos o futuro. Temos planos a curto prazo”, afirmou o candidato, garantindo ter “equipas coesas e competentes” para trabalharem no desenvolvimento deste concelho do distrito de Viseu.

Entre as suas apostas estão a requalificação da zona urbana, incluindo melhoramentos no edifício da Câmara e a construção da segunda fase do parque urbano, sem esquecer as freguesias.

Em 2017, o partido Nós, Cidadãos! venceu em Oliveira de Frades ao arrecadar 46,96% dos votos e três mandatos. A coligação PSD/CDS-PP conseguiu 40,51% dos votos e elegeu dois mandatos.

Além de Paulo Ferreira, são candidatos à presidência da Câmara de Oliveira de Frades João Valério (PSD/CDS-PP), Porfírio Carvalho (PS) e Miguel Martins (CDU).

 

Pode ver também

Autárquicas: PAN quer dinamização de espaços verdes em Viseu

A porta-voz do PAN (Pessoas-Animais-Natureza), Inês de Sousa Real, defendeu que, as autarquias têm um …

Comente este artigo