Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autárquicas: Alberto Andrade é o candidato da CDU à Câmara de Santa Comba Dão

Autárquicas: Alberto Andrade é o candidato da CDU à Câmara de Santa Comba Dão

O cabeça de lista da CDU à Câmara de Santa Comba Dão, no distrito de Viseu, nas eleições autárquicas é Alberto Andrade, que elege a questão ambiental e a proximidade à população como duas prioridades da candidatura.

“Ao concorrer pela CDU há um objetivo claro, satisfazer uma população carente onde a proximidade com as pessoas não existe, onde as preocupações ambientais estão, totalmente, desenraizadas dos princípios com que a CDU entende que devem ser tratadas estas questões”, disse hoje à agência Lusa Alberto Andrade, técnico de topografia e cadastro.

O candidato, de 64 anos, militante do PCP, defendeu a existência de “uma rede de transportes de proximidade, para assegurar regularmente a todas as pessoas a deslocação à sede do concelho, para poderem fazer compras, para consultas médicas, para tudo quanto for necessário”.

“É fundamental uma rede de transportes para responder a esta necessidade”, insistiu, considerando, por outro lado, que as matérias ambientais “estão descuradas, nomeadamente o tratamento das ETAR [estações de tratamento de águas residuais]”.

Segundo Alberto Andrade, “o tratamento pleno das águas residuais em algumas ETAR não existe, correndo a céu aberto, livremente, para as linhas de água”.

O candidato adiantou que, “quatro anos após os incêndios de 2017, os resíduos originados pela destruição de habitações não foram sujeitos ao devido tratamento”, sublinhando que “a autarquia tinha por obrigação fazê-lo, para o bem-estar da população”.

O cabeça de lista afirmou que “este foi um compromisso assumido publicamente pelo atual presidente da câmara”, referindo que “houve, aliás, um grupo de cidadãos que pretendia fazer a recolha e o tratamento desses resíduos, mas o presidente da câmara recusou-se a assumir tal compromisso”.

O militante do PCP, que no sufrágio de 2017 também integrou a lista da CDU ao município, destacou que “a reflorestação com espécies autóctones a envolver todas as localidades do concelho verificou-se de uma inoperância total ou inexistência de medidas concretas”.

“O tratamento de valetas e bermas na Estrada Nacional 2 é simplesmente lamentável, onde as águas pluviais correm de forma desordenada, sem serem conduzidas para as respetivas linhas de água”, apontou ainda Alberto Andrade, referindo igualmente a necessidade de “limpeza de todos os caminhos agrícolas do concelho, que não existe de forma adequada, para poder assegurar acesso aos bombeiros”.

Assinalando que “a água no concelho é das mais caras do país”, o cabeça de lista à Câmara de Santa Comba Dão sustentou que “é altura de alguém com coragem inverter esta situação”.

Já no âmbito do turismo, declarou “ser lamentável que, após tantos anos, um concelho que é percorrido por três rios – Mondego, Dão e Criz – não esteja devidamente aproveitado para turismo e lazer da própria população”.

Alberto Andrade acrescentou que uma vitória para a CDU nas eleições autárquicas de 26 de setembro é que todas as medidas preconizadas pela coligação, formada por PCP e Partido Ecologista “Os Verdes”, “sejam implementadas no concelho, independentemente do resultado eleitoral”.

O PS lidera o Município de Santa Comba Dão, onde tem cinco mandatos, contra dois da coligação PSD/CDS-PP.

São também candidatos o presidente da câmara, Leonel Gouveia, e Antonio Correia (PSD/CDS-PP).

 

Pode ver também

Festival Outono Quente, de Viseu, privilegia artistas locais e nacionais

Duas companhias internacionais, 14 nacionais e 17 locais, num total de 80 artistas, animam de …

Comente este artigo