Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca de Vila Nova de Paiva empenhado em transformar minas da Queiriga em local turístico
Acesso às minas da Queiriga - Vila Nova de Paiva

Autarca de Vila Nova de Paiva empenhado em transformar minas da Queiriga em local turístico

O autarca de Vila Nova de Paiva, José Morgado, já reagiu ao encerramento das minas da Queiriga à atividade turística, em causa, esteve a falta de segurança no local, a notícia foi avançada em exclusivo pela Alive Fm.

Paulo Moutela, geólogo da Felmica, em entrevista à Alive Fm, referiu que o atual executivo liderado por José Morgado, abandonou o projeto turístico para minas, assinado em 2009, no mandato do social-democrata, Manuel Custódio.

José Morgado, diz que o protocolo prévia por parte da empresa Felmica, um investimento de 400 mil euros na segurança do espaço, segundo o autarca, apenas foram aplicados 200 mil euros.

O protocolo ficou também condicionado pelos entraves em constituir uma empresa municipal para a gestão turística das minas da Queiriga.

A constituição da empresa municipal previa que toda a responsabilidade e despesas de manutenção fossem assumidas pela autarquia, José Morgado presidente da câmara de Vila Nova de Paiva, classifica o protocolo de “curioso”.

José Morgado diz que para transformar as minas da Queiriga em local de atração turística, a empresa responsável pelo espaço (Felmica) deve em primeiro lugar criar todas as condições de segurança, para que, em caso de incidente, a câmara não venha a ser responsabilizada.

O autarca de Vila Nova de Paiva diz que todo o processo de transformação das minas da Queiriga em local de atração turística, tem de passar obrigatoriamente por um plano de análise no terreno e com todas as partes responsáveis pelo projeto.

José Morgado diz que as minas da Queiriga podem e devem ser transformadas em roteiro turístico integrado na região centro do país, mas sem que sejam esquecidas as condições de segurança.

Autarca de Vila Nova de Paiva, José Morgado, diz que a câmara está empenhada em participar num projeto turístico para as antigas minas da Queiriga.

 

Pode ver também

Câmara de Viseu vai ficar responsável pelo antigo IP5, IP vai pagar 1,4 milhões de euros

A Câmara de Viseu vai ficar responsável por um troço de quase dez quilómetros do …

Comente este artigo