Home / Notícias / Autarca de Coimbra admite corte da A1 em defesa do IP3
José Manuel Silva, presidente CM Coimbra

Autarca de Coimbra admite corte da A1 em defesa do IP3

O presidente da Câmara de Coimbra, José Manuel Silva, alertou para a situação do Itinerário Principal 3 (IP3), admitindo que o protesto pela sua modernização venha a passar pelo corte da autoestrada do norte.

“Quando todos estiverem disponíveis para cortarem a autoestrada 1 [A1], em defesa de uma verdadeira e célere modernização do IP3, contem com Coimbra”, afirmou o autarca na sessão solene comemorativa do Dia da Cidade, no Convento de São Francisco.

Segundo José Manuel Silva, o IP3 é “um exemplo de como a região se deixou ficar para trás”.

“Há 15 dias, percorri todo o IP3 e não encontrei uma única obra, talvez uma, entre Coimbra e Viseu. Ainda ontem [segunda-feira] ouvimos o presidente da Câmara de Viseu [Fernando Ruas] a queixar-se da situação, depois de mais uma infrutífera reunião com o Governo”.

Porém, enfatizou o presidente do município de Coimbra, “a responsabilidade não é de sucessivos governos: é mesmo dos autarcas dos concelhos atravessados pelo IP3, que não se movem com suficiente união e assertividade”.

“Já todos percebemos que há muitos anos andamos a ser ludibriados”, lamentou o independente José Manuel Silva.

Lusa

 

Pode ver também

O município de Sátão iniciou recolha porta a porta de materiais para reciclagem

O município de Sátão iniciou a recolha porta a porta de materiais para reciclagem junto …

Comente este artigo