Home / Notícias / APPACDM Viseu coordena o Programa Incorpora na zona Centro

APPACDM Viseu coordena o Programa Incorpora na zona Centro

Foram recentemente assinados os Convénios Incorpora 2024, entre a Fundação “la Caixa” e as entidades sociais promotoras dos Centro Incorpora. A partir de 2024, a Associação de Pai e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Viseu passou a coordenar o grupo territorial da zona centro da Rede Incorpora Portugal, onde se incluem os distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Santarém e Viseu.

Através da sua rede nacional de entidades Incorpora, o Programa Incorpora, promovido e financiado pela Fundação “la Caixa”, com o apoio do BPI, em colaboração com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), promove a integração sociolaboral de pessoas em situação ou risco de exclusão social, com maiores dificuldades no acesso ao emprego, como ex-reclusos, pessoas vítimas de violência doméstica, desempregados de longa duração, cidadãos com deficiências e/ou incapacidades, imigrantes, minorias étnicas ou refugiados, entre outros.

Os técnicos de prospeção empresarial e de acompanhamento dos Centros Incorpora identificam e visitam empresas e outras instituições – que tenham necessidades de contratação e queiram potenciar as suas políticas de responsabilidade social corporativa – e prestam apoio personalizado aos beneficiários, acompanhando-os antes e durante o processo de inserção no mercado de trabalho.

A  funcionar desde 2019, o Centro Incorpora da APPACDM Viseu, assume agora a coordenação regional do Programa.  “O nosso Centro Incorpora tem sido bastante dinâmico, como se comprova pelos excelentes indicadores, incluindo números muito expressivos de inserções laborais, acompanhamento de beneficiários e entidades empregadoras angariadas e fidelizadas. Foi com enorme satisfação que assumimos a coordenação regional, na sequência de uma candidatura realizada para o efeito em finais de 2023”, refere Nuno Paixão, o novo coordenador territorial zona Centro do Programa Incorpora, técnico da APPACDM Viseu.

Para o Presidente da instituição, Pedro Baila Antunes: “Este é mais um grande desafio para a APPACDM Viseu! Uma responsabilidade que consolida a intervenção social inclusiva da APPACDM Viseu na comunidade. Para além daquela que continuará a ser sempre a nossa matriz, o apoio a pessoas com deficiência, nos últimos anos, tem-se verificado um alargamento da nossa ação a outras pessoas socialmente vulneráveis, nomeadamente ao nível da formação profissional e da orientação, inserção e acompanhamento laboral. No total, anualmente, já apoiamos mais de 1200 pessoas.”

Para a sua intervenção integrada de capacitação, formação, inclusão e inserção profissional, a formação profissional é, de há muito, um dos eixos fundamentais da APPACDM Viseu. A instituição disponibiliza diversos cursos de formação inicial e contínua dirigidos a pessoas com deficiência e incapacidade, bem como a outros públicos excluídos ou em risco de exclusão. Paralelamente aos cursos a funcionar na Sede da APPACDM Viseu, em 2023 iniciou-se um curso em Penalva de Castelo e em março de 2024 iniciam-se cursos em Mangualde e Nelas.

No plano da inserção sociolaboral, para além do Centro Incorpora, também o Centro de Recursos da APPACDM Viseu tem vindo a extender a sua intervenção. Este serviço credenciado pelo IEFP, apoia anualmente centenas de pessoas com deficiência e incapacidades inscritas nos centros de emprego, nas áreas da avaliação e orientação para a qualificação e emprego, apoio à colocação e acompanhamento pós-colocação nas entidades empregadoras.

 

Pode ver também

Rosa Quinteiro é a vencedora do prémio literário Cónego Albano Martins de Sousa.

Com a obra “Poemas do Caderno Azul” a escritora é pela segunda vez galardoada, numa …

Comente este artigo