Home / Notícias / Apoio aos emigrantes de Mangualde disparou 360% comparativamente a 2020

Apoio aos emigrantes de Mangualde disparou 360% comparativamente a 2020

O Gabinete de Apoio ao Emigrante de Mangualde (GAE) registou 971 atendimentos ao longo do ano passado, o que se traduz num aumento de 362% face a 2020, quando 210 mangualdenses que residem no estrangeiro recorreram ao serviço, a funcionar num edifício da Câmara Municipal.

O presidente da Câmara de Mangualde, Marco Almeida, considera que este ano o número de atendimentos deverá ultrapassar a barreira dos mil.
“O serviço já foi procurado por 825 pessoas até ao primeiro dia de agosto, mês forte de regresso à terra natal”, realça.
Para o autarca, “é cada vez mais evidente a utilidade do serviço” a quem faz vida fora do país .

Há seis anos, em 2018, aquando da inauguração, O GAE começou por ser procurado por 45 emigrantes e, no ano seguinte, (2019) subiu para 190.
Em 2020, em plena pandemia covid-19, dirigiram-se a este serviço 210 pessoas e em 2021 o número de atendimentos disparou para 541.

De acordo com os dados do GAE, no ano passado, a estrutura foi maioritariamente procurada por quem está emigrado em França, (42%), Suíça (37%) e Estados Unidos (7%).
Mais de metade dos utentes (54%) que procurou ajuda tem entre 60 e 90 anos de idade e 28% situa-se na faixa etária entre os 30 e os 60 anos.

 

Pode ver também

Vinhos do Dão Casa da Ínsua com mais 9 medalhas, 2 das quais Grande Ouro

DUAS MEDALHAS GRANDE OURO, QUATRO DE OURO E TRÊS DE PRATA CONSAGRAM,UMA VEZ MAIS, A …

Comente este artigo