Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Acelerador linear do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro vai tratar utentes do norte do distrito de Viseu

Acelerador linear do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro vai tratar utentes do norte do distrito de Viseu

As obras para a instalação do acelerador linear para tratamentos de radioterapia arrancaram esta semana no centro oncológico de Vila Real, um equipamento que deverá estar operacional até ao final de 2022. 

Com um investimento de cinco milhões de euros, este segundo acelerador linear para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) vai reforçar a unidade de radioterapia do centro oncológico, que entrou em funcionamento em 2007.

De acordo com a Diretora do Serviço Radioncologia do CHTMAD, Amparo Moutinho, esta aquisição vai permitir a realização de técnicas de radioterapia que até agora só são possíveis em centros mais especializados e irá criar condições para que os doentes oncológicos da região de Trás-os-Montes “tenham os seus tratamentos com a maior proximidade possível”.

Rita Castanheira, Presidente do Conselho de administração do CHTMAD, reforçou a importância do equipamento para o centro hospitalar, financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020, referindo que o projeto inclui ainda o upgrade, ou seja, a atualização tecnológica do atual equipamento, aumentando “significativamente” a capacidade do centro hospitalar que trata doentes oncológicos dos distritos de Vila Real, Bragança e norte de Viseu. 

“Para termos alguma redundância para quando o aparelho falha e também para podermos fazer mais sessões de tratamento no CHTMAD”, explicou a responsável, que apontou a realização de “tratamentos mais complexos” do que aqueles que ali são atualmente realizados, evitando-se a deslocação de utentes para o litoral. 

Segundo o CHTMAD, até novembro de 2021 realizaram-se 11.383 sessões de tratamento de radioterapia em Vila Real, mais 7,4% do que em igual período de 2020. Em 2019 foram realizadas 11.856 sessões de tratamento.

 

Pode ver também

Novo espaço verde vai abrir ao público no centro de Viseu

Um novo espaço verde com mais de dois hectares vai ficar disponível para fruição pública …

Comente este artigo