Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Académico de Viseu vence Vilafranquense

Académico de Viseu vence Vilafranquense

O Vilafranquense foi derrotado pelo Académico de Viseu, por 3-1, em jogo da 10.ª jornada da II Liga de futebol, disputado hoje no Estádio Municipal de Rio Maior, e perdeu o lugar no ‘pódio’ da prova.

Roberto Massimo, aos 19 minutos, e Ícaro, aos 31, colocaram os viseenses na frente do marcador, com Nené a reduzir pouco depois. Aos 84 minutos, André Clóvis também colocou o nome na lista de marcadores do encontro, sentenciando a vitória da equipa treinada por Jorge Costa.

Com este resultado, o Académico de Viseu, que atravessa o melhor momento da temporada, sobe ao 10.º lugar do campeonato, com 13 pontos, e aumenta para quatro o número de jornadas consecutivas a pontuar – três vitórias e um empate.

Já o Vilafranquense, que não vence há quatro rondas e era terceiro antes do arranque da 10.ª jornada, está provisoriamente na quarta posição, com 16 pontos, uma vez que o Tondela, que tem 14, visita na segunda-feira o Leixões, e, em caso de triunfo, ultrapassa a formação ribatejana na tabela classificativa.

A primeira parte foi bastante animada e teve direito a três golos; aos 19 minutos, Roberto Massimo aproveitou uma defesa incompleta de Fábio Duarte para inaugurar o marcador a favor do Académico de Viseu.

Aos 30, Edson Farias só não chegou ao empate, porque o seu remate à entrada da área acabou por embater na barra da baliza, mas, no minuto seguinte, acabaram por ser os viseenses a aumentar a diferença: na conversão de um livre à esquerda do ataque, Famana Quizera cruzou e Ícaro surgiu ao primeiro poste para, de cabeça, apontar o segundo golo do encontro.

Todavia, Nené voltou a dar ânimo aos comandados de Rui Borges aos 39 minutos, quando, já dentro da área, desferiu um portentoso remate ao primeiro poste, sem hipóteses para Domen Gril.

Na etapa complementar, a equipa de Vila Franca de Xira acercou-se da área visitante – tendo Nené sido um dos mais inconformados -, mas, apesar ter conseguido algumas situações de perigo, foram os visitantes a marcar.

Aos 84 minutos, André Clóvis, assistido por Paná, sentenciou a partida com um belo remate.

 

Pode ver também

José Rodrigues é o novo treinador do Ferreira de Aves – Razões e Objetivos

Depois da saída de Ricardo Duarte (Mangualde), do comando técnico do C.R. Ferreira de Aves, …

Comente este artigo