Home / Notícias / Desporto / Ac. Viseu garante prédio no centro histórico da cidade para alojar jogadores dos sub-19 e sub-23
Mariano Lopez, presidente do AC Viseu e da SAD

Ac. Viseu garante prédio no centro histórico da cidade para alojar jogadores dos sub-19 e sub-23

A SAD do Ac. Viseu anunciou, esta segunda-feira, ter assegurado um prédio, localizado no centro histórico da cidade de Viseu, quer servirá de alojamento para os jogadores as equipas sub-19 e sub-23. A infraestrutura, que já foi alvo de trabalhos de renovação, recebeu o nome de Casa Viriathus e tem capacidade para receber até 35 atletas.

Segundo o comunicado de imprensa, o investimento é mais um sinal da aposta do clube e da SAD na formação, que tem em vista ajudar a fixar talento, assim como oferecer melhores condições aos futebolistas que estiverem a lançar a sua carreira em Viseu, sobretudo aqueles que chegam de outros regiões do país.

Atualmente, a Casa Viriathus já está a acolher vários atletas dos sub-23 do Ac. Viseu, equipa que se estreia esta época na Liga Revelação. A infraestrutura tem 20 quartos (duplos e individuais), com casas de banho privativas, bem como seis cozinhas de apoio.

Para Mariano Lopez, presidente do clube e da SAD, tem sido gratificante perceber que as condições oferecidas pelos viriatos já atraíram talento ao longo deste verão. “Constituímos a equipa sub-23 em tempo recorde e foi muito gratificante perceber que, graças às condições que já vão sendo apresentadas, muitos jovens, mesmo oriundos de clubes e cidades importantes, fizeram questão de escolher o Académico para jogar e Viseu para viver. A cidade tem tudo e cumpre-nos a nós procurar garantir as melhores condições desportivas. Seguimos desenvolvendo as infraestruturas e este sentimento de apetência por Viseu, fixando talento e construindo assim a base que nos permitirá alcançar os nossos objetivos desportivos. E os projetos sub-23 e sub-19 são cruciais para isso, para reforço da nossa capacidade de formação de jogadores e de apoio à equipa principal”, afirmou.

or sua vez, Óscar Guerra, diretor-geral da Formação da SAD, sublinhou os benefícios deste investimento. “A Casa Viriathus, em particular, permite-nos juntar os nossos jovens jogadores e potenciar o sentimento de grupo, desenvolvendo a identidade de equipa e o convívio educativo-social que pretendemos. Concentramos o apoio logístico necessário aos jogadores numa única infraestrutura, à qual podemos mais facilmente alocar todos os serviços desde nutrição controlada, assistência médica até segurança. E, claro, estamos em pleno centro histórico da cidade, para que se possa sentir o Académico e estabelecer laços com os Viseenses”, concluiu.

Por Record

 

Pode ver também

Viseu: Obras na feira semanal vão avançar este ano

As obras de requalificação do recinto da feira semanal deverão arrancar ainda este ano 2024, …

Comente este artigo