Home / Notícias / A Casa do Povo de Sátão está a passar por dificuldades financeiras

A Casa do Povo de Sátão está a passar por dificuldades financeiras

A casa do Povo de Sátão esta a passar por dificuldades para fazer face aos encargos financeiros que a instituição tem, e apela à união de todos para continuar de portas abertas. A elevada carga fiscal, os encargos laborais e a fatura energética são as principais dificuldades desta IPSS. O apelo surgiu nas redes socias e à Alive FM, o presidente da direção, Armando Cunha, confirmou esta situação.

E a situação agudizou-se neste mês como explica o dirigente.

A situação tem sido colocada a nível nacional, mas nesta altura é aflitiva, até porque há respostas sociais da Casa do Povo que têm um resultado liquido negativo.

As dificuldades já fizeram com que as obras do Lar em Samorim parassem. Armando Cunha não esconde o desânimo.

Armando Cunha lança um apelo, para manter as respostas sociais da Casa do Povo do Sátão é preciso o apoio de todos, entre eles os que têm responsabilidades nesta matéria.

O dirigente defende soluções transversais ao setor social que possam mitigar os elevados encargos financeiros.

A Casa do Povo do Satão conta com 25 trabalhadores e presta apoio social a centenas de pessoas, que se traduz em custos muito elevados

A casa do Povo de Sátão esta a passar por dificuldades para fazer face aos encargos financeiros que a instituição tem, e apela à união de todos para continuar de portas abertas.

 

Pode ver também

II Passeio TT “Terras do Demo” saiu para a estrada com 85 jipes

Foram 30 quilómetros cheios de adrenalina pura. O II Passeio TT “Terras do Demo” realizou-se …

Comente este artigo