Home / Notícias / Regional / O presidente da câmara de Vila Nova de Paiva já reagiu ao chumbo do empréstimo de 2,2 Milhões de euros por parte da oposição

O presidente da câmara de Vila Nova de Paiva já reagiu ao chumbo do empréstimo de 2,2 Milhões de euros por parte da oposição

O presidente da câmara de Vila Nova de Paiva já reagiu ao chumbo do empréstimo de 2,2 Milhões de euros por parte da oposição, sublinhando que isso só revela que os mesmos não querem que se façam obras no concelho

É desta forma que o autarca Paulo Marques reage à posição dos vereadores do PSD e “Nós Cidadãos”, mas garante que as obras vão acontecer de uma forma ou outra.

 Paulo Marques admite algumas dificuldades causadas pelo chumbo em reunião do executivo, mas garante que vai cumprir as promessas eleitorais.

O autarca acusa a oposição de estar mal informada, e à Alive FM, garantiu que Vila Nova de Paiva terá uma nova escola até ao final do mandato.

 O presidente de câmara disse que este empréstimo, juntamente com o dinheiro em caixa, permitiria a realização das obras em causa, não colocando outras intervenções em causa e que estavam previstas em freguesias do concelho.

Paulo Marques diz que o recurso a empréstimos para realizar de obras é prática comum nos municípios à volta e que o mesmo, não iria colocar em causa a capacidade de endividamento da autarquia.

O presidente da câmara de Vila Nova de Paiva já reagiu ao chumbo do empréstimo de 2,2 Milhões de euros por parte da oposição, sublinhando que isso só revela que os mesmos não querem que se façam obras no concelho.

 

Pode ver também

Viseu: Obras na feira semanal vão avançar este ano

As obras de requalificação do recinto da feira semanal deverão arrancar ainda este ano 2024, …

Comente este artigo