Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Plantel do Académico de Viseu acusa Liga de clubes e FPF de “discriminação”

Plantel do Académico de Viseu acusa Liga de clubes e FPF de “discriminação”

O plantel da equipa profissional do Académico de Viseu está “indignado” com o cancelamento da II Liga, e acusou hoje a Liga de clubes e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de “discriminação”.

“O plantel do Académico de Viseu FC vem manifestar o seu desagrado e indignação perante todas as decisões dos órgãos que gerem o nosso futebol, depois de estes terem decidido que o nosso campeonato [II Liga] não teria condições para terminar”, pode ler-se no comunicado subscrito por todos os jogadores profissionais do clube.

Para os atletas do clube beirão, que terminou a II Liga no 8.o lugar da classificação, trata-se de uma “discriminação”, considerando estes que a decisão de terminar a competição “afetou” todos os futebolistas da segunda divisão.

Os jogadores questionam se esta decisão mostra que, no futebol profissional em Portugal, “há jogadores mais profissionais que outros”, e querem também saber se a decisão de terminar a época se deveu apenas “a condições de saúde/sanitárias” ou antes a uma opção “a nível político/económico”.

Os atletas do Académico de Viseu consideram ainda que se está a perder uma oportunidade de investir nas infraestruturas desportivas do clubes aproveitando “as verbas que agora vão ser distribuídas pelos clubes da II Liga”, que, consideram, deveriam ser investidas “para criar condições” para concluir o campeonato “de forma tão segura” quanto os clubes da I Liga.

“Errar é humano, mas esperamos que este erro cometido por um conjunto de pessoas não custe caro a este desporto que apaixona o nosso país”, consideram.

A SAD do Académico de Viseu oficializou o final da época desportiva no passado dia 01 de maio.

A direção da Liga de clubes decidiu hoje a subida de Nacional e Farense à I Liga portuguesa de futebol e a despromoção de Cova da Piedade e Casa Pia ao Campeonato de Portugal, em reunião extraordinária.

Em comunicado, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) diz que “fixou” as promoções dos dois primeiros classificados da II Liga, Nacional e Farense, e a despromoção dos dois últimos, Cova da Piedade e Casa Pia, que terão de ser aprovadas em Assembleia Geral do organismo.

A II Liga foi suspensa por tempo indeterminado em 12 de março, devido à pandemia da covid-19, mas foi excluída a sua continuidade por parte do Governo.

O Governo definiu na quinta-feira, no plano de desconfinamento da pandemia de covid-19, que a I Liga de futebol e a final da Taça de Portugal vão poder ser disputados, permitindo também desportos individuais ao ar livre.

A retoma da I Liga de futebol, a partir de 30 e 31 de maio, está sujeita a aprovação pela Direção-Geral da Saúde (DGS) de um plano sanitário, anunciou o primeiro-ministro, António Costa, explicando que os jogos vão realizar-se sem a presença de público nos estádios.

 

Pode ver também

Plataforma da A25 diz que descontos nas portagens são “embuste”

A Plataforma Pela Reposição da Scut na A25 classificou os descontos nas portagens anunciados pelo …

Comente este artigo